Palestra aborda violência moral e patrimonial às beneficiárias do Programa Vale Renda (Gov/MS – 28/03/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Na última semana do Mês da Mulher, o projeto “Roda de Conversa”, da Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres (SPPM) esteve com beneficiárias do Programa Vale Renda, na tarde desta segunda-feira (28), na Associação de Moradores da Vila Carlota abordando temas como: enfrentamento à violência contra Mulheres, Lei Maria da Penha e a Lei do Feminicídio.

Segundo a cientista social e técnica da Subsecretaria da Mulher, Elis Lima, que proferiu a palestra, a violência psicológica, o assédio moral e a violência patrimonial também são punidas pela Lei Maria da Penha. “Embora pouco abordado na sociedade, esses tipos de violência causam grandes estragos no psicológico da mulher. Esconder um documento ou rasgá-lo faz parte da violência patrimonial, por exemplo, e pode ser denunciado”, advertiu Elis.

Elis mulheresA beneficiária do Programa Vale Renda, Jaqueline Costa e Silva, 35 anos, conhece a Lei Maria da Penha, entretanto não sabia que violência moral pode ser punível. “Eu desconhecia que insultos e agressões verbais poderiam ser considerados violência contra mulher. A palestra foi proveitosa e aprendi quais são os tipos de violência, e os locais onde posso fazer a denúncia”, disse Jaqueline.

A ação é executada pela SPPM, órgão vinculado à Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), que leva informações sobre os direitos da mulher, o debate para prevenção, combate a qualquer tipo de violência física ou psicológica e encaminhamento de possível denúncia.

O debate “Diálogos e Desafios: Gênero e Mídia”, com acadêmicos e professores da Faculdade Estácio de Sá encerra a programação do Mês da Mulher, na próxima quinta-feira (31). A discussão será em torno da identidade de gênero e seu impacto nas mídias sociais. Participam do debate as jornalistas Michelle Rossi, coordenadora de Comunicação da Vice-Governadoria e (Sedhast); Juliana Feliz, assessora de imprensa da Faculdade Estácio de Sá; e Henrique Alberto de Medeiros Filho, Sócio-diretor da agência Slogan Publicidade, membro da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, e presidente do Sindicato das Agências de Propaganda do Estado de MS (Sinapro/ MS).

Mês da Mulher – A Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres esteve com extensa programação durante todo o mês de março. O governador Reinaldo Azambuja assinou uma Carta Compromisso do Estado de Mato Grosso do Sul com as políticas públicas para Mulheres. Na ocasião foram anunciadas as parcerias entre os órgãos governamentais para colocar em prática ações de inserção da mulher no mercado de trabalho, fortalecer a participação feminina nos espaços de poder e reduzir índices de violência.

Ainda houve palestras em diversos órgãos do executivo, distribuição de folder no centro da Capital, exposição “Mulheres Protagonistas da Nossa História”, Seminário Estadual de Políticas Públicas para Mulheres, que reuniu cerca de 300 mulheres, da Capital e interior, entre outros.

Texto e fotos: Solange Mori (Assessoria da Vice-Governadoria e Sedhast)

Acesse no site de origem: Palestra aborda violência moral e patrimonial às beneficiárias do Programa Vale Renda (Gov/MS – 28/03/2016)