Patrulha Maria da Penha iniciará os trabalhos amanhã, 19 (Rádio Cultura Foz – 18/01/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Na tarde de terça-feira, 19, a primeira patrulha Maria da Penha em Foz começara suas atividades. A equipe tem como objetivo dar efetividade no cumprimento da Lei Maria da Penha, fazendo cumprir a medidas de proteção a mulheres vítimas de agressão, que procuram a delegacia da Mulher.

A patrulha começaria os trabalhos nesta segunda-feira, 18, mas não aconteceu devido as invasões nas áreas que pertencem a prefeitura e que ocorreram nesta data. Com isso, a guarda municipal precisou focar todo seu efetivo neste atendimento. Segundo a GM, ainda é possível não acontecer o inícios das ações da patrulha na terça-feira, 19, se a ocupação continuar.

Sobre a patrulha

Lançado em novembro do ano passado, o convênio firmado entre o município de Foz e o Tribunal de Justiça do Paraná, busca assegurar um atendimento qualificado para proporcionar mais segurança às mulheres que são vítimas de violência. Foz foi a terceira cidade do estado a implantar a patrulha, que programou o início das  suas ações para esta segunda quinzena de janeiro. A patrulha é formada por uma dupla de guardas municipais, um feminino e outro masculino, que irão fiscalizar o cumprimento das medidas protetivas. Esse trabalho será realizado com base nas informações encaminhadas pelo juiz à patrulha onde vão constar o endereço da pessoa e a medida protetiva aplicada a ela, por meio da Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher.

De acordo com o chefe da Divisão Operacional da GM e coordenador da Patrulha Maria da Penha, Ermógenes Zanellato, “ as equipes, nesse primeiro momento irão visitar os endereços das vítimas, para verificar se a medida expedida pelo juiz está sendo cumprida ou não. As equipes devem trabalhar em turnos de revezamento. Qualquer irregularidade constatada receberá o encaminhamento necessário de acordo com o que está previsto na legislação”, informou Zanellato.

Nas cidades onde o programa já está implantado tem apresentado bons resultados para a sociedade. Oferecendo mais segurança as mulheres que denunciam a violência e encorajando outras vítimas a tomarem esse tipo de atitude, e procurar ajuda.

As primeiras regiões, a serem visitadas pela patrulha em Foz nos bairros: Morumbi e Portal da Foz. De acordo com estatísticas é onde está concentrado o maior número de mulheres vítimas de violência, do município.

Acesse no site de origem: Patrulha Maria da Penha iniciará os trabalhos amanhã, 19 (Rádio Cultura Foz – 18/01/2016)