Paz em Casa: redução de inquéritos é uma das metas (TJMT – 16/06/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Uma das metas da segunda etapa da campanha Justiça pela Paz em Casa em Mato Grosso é reduzir o número de inquéritos de violência contra a mulher abertos em 2012 e 2013. Para traçar estratégias em busca desse objetivo, a desembargadora Maria Aparecida Ribeiro, líder da campanha e responsável pela Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cemulher), se reuniu com duas delegadas de Cuiabá e Várzea Grande, na última segunda-feira (15 de junho).

Jozirlethe Aparecida Magalhães Criveletto, da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher em Cuiabá, e Daniela Silveira Maidel, da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, da Criança e do Idoso de Várzea Grande, levantaram o número de inquéritos policiais e de boletins de ocorrência represados nas unidades. Na reunião, as delegadas apresentaram as dificuldades encontradas para conclusão dos inquéritos e discutiram possíveis soluções para a redução dos índices durante a campanha.

De acordo com as delegadas, o grande gargalo existente é o número insuficiente de investigadores de polícia para cumprir as diligências e intimar as partes envolvidas e testemunhas. Isso ocorre em virtude de aposentadorias e remanejamento sem reposições. A consequência é uma elevada taxa de congestionamento de inquéritos.

Segundo a delegada Jozirlethe Criveletto, há cerca de 1.500 inquéritos em andamento em Cuiabá abertos de janeiro a maio deste ano e 3 mil boletins de ocorrência registrados de 2012 até agora. Já em Várzea Grande, a delegada Daniela Maidel informa que são aproximadamente 1.300 inquéritos atualmente em trâmite e 1.800 boletins abertos somente este ano.

A desembargadora Maria Aparecida Ribeiro se propôs a buscar uma solução para esse entrave junto ao secretário de Estado de Segurança Pública, Mauro Zaque. A magistrada também promoverá reuniões como essa nas oito Comarcas de Terceira Entrância e nas quatro de Entrância Especial. As viagens começam ainda em junho.

Assessoria de Comunicação CGJ-MT

Acesse no site de origem: Paz em Casa: redução de inquéritos é uma das metas (TJMT – 16/06/2015)