Piauí registrou 265 casos de estupro só este ano (180 Graus – 22/06/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Secretaria de Segurança Pública e a Secretaria de Saúde do Piauí tiveram que criar estruturas

Com 539 casos de estupro confirmados no ano passado, a Secretaria de Segurança Pública e a Secretaria de Saúde do Piauí tiveram que criar estruturas específicas para atendimento a esses casos. Do ano passado para cá foram registrados quatro casos de estupro coletivo. Em 2016, foram registrados 265 atendimentos de casos de estupro na rede hospitalar.

Somente nos primeiros meses deste ano foram contabilizados 46 casos de estupro em Teresina, inclusive a crianças e adolescentes. Os dados são do Conselho Tutelar de Teresina, que acompanhou os casos pelos exames realizados nas vítimas. A Segurança criou um Núcleo de Feminicídio e ampliou a atuação das Delegacias da Mulher no interior do Estado. Ainda foi criado um protocolo para o atendimento às vítimas de estupro com uma metodologia específica.

A diretora de Gestão Interna da Secretaria de Segurança Pública, delegada Eugênia Villa, coordena o serviço. Ela defende que as vítimas de estupro tenham atendimento diferenciado no sistema de segurança e na rede de saúde. “Desde a entrada desta ocorrência na delegacia já deve ser qualificado na perspectiva de gênero. Queremos que estas ocorrências tenham um tratamento diferenciado de uma questão de roubo, furto, pois envolve aspectos que serão estudados, como a dominação masculina. São categorias que extravasam a dominação policial, mas que precisam ser reconhecidas” observa.

eugenia.png

Segundo ela, a mulher vítima de violência sexual tem que ter um tratamento especial. “Além do trauma psicológico, a mulher precisa passar por um processo de profilaxia, ingerindo medicamentos que evitem a gravidez e combatem a possível infecção com doenças sexualmente transmissíveis, como a Aids, por exemplo. E o pior momento é quando ela vai à polícia e revive tudo durante o depoimento. Nossa intenção é criar um protocolo objetivo, que facilite o trabalho da polícia e aprimore o atendimento a essas mulheres”, informou Eugênia Vila.

O Piauí conta atualmente com nove delegacias da mulher, sendo três unidades em Teresina e as demais em Bom Jesus, Floriano, Parnaíba, Picos, Piripiri e São Raimundo Nonato. De acordo com o Secretário de Segurança, Fábio Abreu, a ordem é tolerância zero à violência contra a mulher. “Nós não vamos admitir que nenhum crime de gênero fique impune em qualquer cidade do Piauí”, alertou.

Fonte: Com informações do jornal Diário do Povo

Acesse no site de origem: Piauí registrou 265 casos de estupro só este ano; apenas os ‘notificados’ (180 Graus – 22/06/2016)