PM vai investigar omissão de socorro a mulheres agredidas, diz subcomandante (Cidade Verde – 25/02/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O subcomandante da Polícia Militar do Piauí, coronel Lindomar Castilho, garantiu que a Corregedoria da PM irá apurar as denúncias de que mulheres vítimas de violência não estão sendo socorridas após ligarem para o 190. O coronel se disse surpreso com as queixas da delegada Vilma Alves, que classificou a omissão como um “boicote” às mulheres.

Leia mais: 
Delegada diz que PMs boicotam mulheres agredidas no Piauí (Diário do Povo do Piauí – 26/02/2016)
Mulheres agredidas denunciam que PMs ignoram pedido de socorro (Cidade Verde – 25/02/2016)
“A Lei Maria da Penha afrontou o machismo”, afirma delegada (Capital Teresina – 25/02/2016)

“Eu vejo isso com surpresa porque nosso procedimento não é esse. Se há um caso ou outro que foge ao padrão, temos interesse de ver de perto, porque nenhum policial vai se furtar de socorrer uma vítima de violência, ainda mais uma mulher. As vítimas que nos procurar e disser que não foi atendida pela PM, nós vamos apurar o que houve e corrigir cada caso”, afirmou Lindomar Castilho.

O subcomandante ressaltou que em 2015, a Polícia Militar atendeu a 1.480 ocorrências de violência contra a mulher, uma média de quatro casos por dia.

Entenda o caso

A delegada Vilma Alves denunciou que a PM está “simplesmente” ignorando o pedido de socorro das mulheres vítimas de violência em Teresina. A mais recente reclamação foi presenciada pelo Cidadeverde.com ao acompanhar o caso de uma garçonete que foi espancada no bairro Promorar, zona Sul de Teresina. Ela relatou que o ex-marido não aceitou o fim do relacionamento e a perseguia. Anteontem, ele conseguiu arrombar a janela da casa dela e a pegou pelo cabelo batendo violentamente seu rosto contra a parede. Da violência, a mulher quase perdeu o olho. “Devido à proximidade, as mulheres violentadas procuraram primeiro os policiais militares e se eles estão sendo omissos em fazerem os flagrantes, temos que tomar uma providência”, disse a delegada.

Jordana Cury

Acesse no site de origem: PM vai investigar omissão de socorro a mulheres agredidas, diz subcomandante (Cidade Verde – 25/02/2016)