Prefeito vistoria obras da Casa da Mulher Brasileira em Curitiba (Bem Paraná – 20/01/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O prefeito Gustavo Fruet vistoriou na manhã desta quarta-feira (20) as obras da Casa da Mulher Brasileira, equipamento que vai integrar os serviços públicos de atendimento à mulher em situação de violência na cidade. A Casa, que vai funcionar sob a gestão administrativa e operacional do Município, é fruto de parceria com o governo federal, por meio do programa nacional Mulher Viver Sem Violência, e representa um investimento de R$ 10 milhões. Cerca de 80% das obras já estão concluídos e a previsão é que a Casa comece a funcionar ainda no primeiro semestre deste ano. Estão em andamento o acabamento e as instalações na parte externa do prédio.

Nos seus quase 4 mil metros de área construída, a unidade da Casa da Mulher Brasileira de Curitiba vai abrigar os serviços do acolhimento psicossocial prestado pela Prefeitura de Curitiba por meio de psicólogos, assistentes sociais e educadores sociais, os trabalhos da Delegacia da Mulher, do Ministério Público e da Defensoria Pública. Também funcionarão no espaço uma brinquedoteca, alojamento de passagem e uma central de transportes que facilitará o encaminhamento das mulheres em situação de violência na busca por serviços externos. O Centro de Operações da Patrulha Maria da Penha, da Guarda Municipal de Curitiba, também funcionará dentro da Casa da Mulher Brasileira.

“É de extrema importância a atenção humanizada às mulheres vítimas de violência. Quando a gente defende uma cidade mais humana – a identidade também está em uma ação como esta – se materializa na Casa da Mulher Brasileira”, disse o prefeito. “Nós já temos instituições que, ao longo do tempo, foram se especializando em atendimento à mulher. Agora, essas frentes se somam para conferir esse olhar de compartilhamento e esse olhar humanizado, de acolhimento, voltado para a prevenção, segurança e o atendimento das mulheres”, completou Fruet.

A secretária da Mulher de Curitiba, Roseli Isidoro e o dono da construtora responsável pelos trabalhos, Erson Gomes de Azevedo acompanharam a visita técnica do prefeito ao espaço. “Toda obra pública é de extrema importância porque é direcionada a atender as pessoas que mais necessitam”,  disse o empresário. Para a secretária da Mulher,  o equipamento vai “marcar a história do atendimento às mulheres curitibanas em situação de violência, proporcionando mais segurança, atendimento humanizado e qualificado na prestação dos serviços”. “A cada fase de conclusão da obra, aumenta nossa expectativa e a responsabilidade. O prefeito Gustavo Fruet tem acompanhado e apoiado o passo a passo desse grande projeto”, completou.

A visita do prefeito às obras da Casa também foi acompanhada pelo vereador Paulo Salamuni, líder do governo na Câmara Municipal, e pela coordenadora da Casa pelo Governo Federal, Luci Belão. A Secretaria da Mulher tem promovido diversas visitas para ver de perto o andamento das obras da Casa. Já levou profissionais que atuam na garantia dos direitos das mulheres na cidade, parceiros do Município na Rede de Proteção e até mesmo de mulheres em situação de violência que são atendidas por esses serviços. “Uma coisa é saberem da existência da obra e outra é poderem visitar, ver de perto a construção, acompanhadas pelo engenheiro, saber como vai funcionar e poder constatar que de fato a obra está acontecendo”, disse Roseli.

“As mulheres que visitam a obra, em especial, se sentem mais seguras em saber que o acolhimento proposto com integração dos serviços públicos e essa atenção diferenciada para a garantia dos seus direitos, uma demanda antiga da sociedade, dos movimentos de mulheres e organizações feministas, está se tornando realidade”, informou a secretária.

Acesse no site de origem: Prefeito vistoria obras da Casa da Mulher Brasileira em Curitiba (Bem Paraná – 20/01/2016)