Prêmio Viva: Juíza do TJRR é finalista na categoria justiça

A juíza Maria Aparecida Cury, Coordenadora Estadual das ações de combate a violência doméstica contra a mulher do Tribunal de Justiça de Roraima, é finalista na categoria Justiça no Prêmio Viva 2018.

O prêmio Viva é uma inciativa da Revista Marie Claire e Instituto Avon pela vida de todas as mulheres. Que se unem numa 1° edição com o intuito de colocar luz no trabalho de quem tenta romper o ciclo de crueldade que alcança milhares de mulheres ano a ano no país. “Queremos mostrar que violência não é só física com esse prêmio queremos levantar a discussão e alertar a população” Explica Laura Ancona, diretora de redação da revista.

O evento da premiação acontecerá dia 22 de novembro, no Palácio Tangará, em São Paulo. Serão 21 finalistas e sete premiados nas categorias Saúde, Sociedade Civil, Revendedoras, Segurança, Justiça, Empreendedorismo e Eles por Elas.

Os ganhadores serão escolhidos por meio de um júri de especialistas e de votação popular-no site da revista, de 10 a 16 de novembro.

Coordenadoria Estadual da Mulher

Boa Vista, 8 de novembro de 2018

Núcleo de Comunicação e Relações Institucionais/Escritório de Comunicação

Acesse no site de origem: Prêmio Viva: Juíza do TJRR é finalista na categoria justiça (TJRR – 08/11/2018)