Presidente do TJSE abre 3º edição da Semana Nacional da Justiça pela Paz em Casa (TJSE – 30/11/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O Presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe, Des. Luiz Mendonça abriu nesta segunda-feira a 3ª edição da Semana Nacional da Justiça pela Paz em Casa no Judiciário sergipano. Na sala de reuniões do Gabinete da Presidência, o magistrado recebeu as servidoras e a Juíza Coordenadora da Mulher em exercício, Vânia Barros, que, na oportunidade, entregaram os cartazes, panfletos e bottons da campanha alusiva à Semana, que segue até a sexta-feira, 04/12, com ampla programação.

Ainda nesta segunda-feira, foi lançada a campanha nas redes sociais com as hashtags #pazemcasa e #coordenadoriadamulhertjse. Também foi aberta a exposição da Gênese à Liberdade, no Fórum Gumersindo Bessa e apresentação teatral no Fórum de Nossa Senhora do Socorro.

Para o Presidente do TJSE as três edições da Semana Nacional da Justiça pela Paz em Casa são muito importantes na medida em que objetivam a pacificação dos lares e, principalmente, proteger à mulher. “É um comando nacional que leva para a casa das pessoas a mensagem de proteção que toda a sociedade e o Judiciário têm a obrigação de prestar às mulheres. Estão de parabéns as Juízas Coordenadoras e as servidoras, que a todo o momento propõem iniciativas importantes e algumas delas como referências nacionais”, explicou o Des. Luiz Mendonça.

A Assistente Social da Coordenadoria da Mulher, Heloísa Joana dos Santos explicou que o TJSE organizou uma programação com distribuição de cartazes e panfletos. Apresentações teatrais nas ruas de Aracaju, palestras em canteiros de obras, exposições de fotografias e visita aos parceiros. “O evento acontece em todo o Poder Judiciário nacional e são momentos para mobilizar e chamar a atenção da sociedade em relação a violência contra a mulher”, comentou a Analista Judiciária.

Acesse no site de origem: Presidente do TJSE abre 3º edição da Semana Nacional da Justiça pela Paz em Casa (TJSE – 30/11/2015)