Prevenir violência sexual contra crianças e adolescentes ainda é desafio (EBC Rádios – 22/02/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Apesar disso, houve avanço na responsabilização e nas ações de proteção, ressalta Viviane Amaral, entrevistada do Revista Brasília

A violência sexual contra crianças e adolescentes ainda é preocupante. A situação tem mobilizado diversos setores na busca de soluções efetivas para estancar o mal que assola todo país e o mundo.

Ouça o áudio da matéria aqui: Prevenir violência sexual contra crianças e adolescentes ainda é desafio

Ela diz que houve um avanço na responsabilização, nas ações de proteção e no que acontece depois do crime, mas ainda há um longo caminho a percorrer, para prevenir este tipo de violência e não apenas para ser remediado.

Segundo a psicóloga, o cenário ainda é feio. Sobre o assédio e em especial os ocorridos pela internet, seja por aproximação de um adulto com a criança, ou dentro da família ou um vizinho, o fato é que as redes sociais facilitam isto, “porque a aproximação vai se dando pouco a pouco, a confiança da criança ou adolescente vai sendo ganha, mentiras vão sendo ditas, então é muito fácil alcançar crianças e adolescentes por meio das redes sociais.

De acordo Viviane Amaral, a maioria dos agressores são próximos à vítima, porque as pessoas precisam se aproximar das crianças, para cometer ganhar sua confiança, porque geralmente a violência sexual não ocorre acompanhada de violência física, ou às vezes nem chega à violência física, e sim ela se limita ao ato da sexualidade em si, que muitas vezes é interpretada como um carinho ou uma forma de afeto, “porque todo ator de violência sexual, ele vai se aproximar da criança nessa base, ganhado a confiança e a proximidade, até o ponto de ultrapassar os limites”.

Acompanhe esta entrevista ao programa Revista Brasília e saiba as orientações para prevenir o assédio e a violência sexual. O programa é apresentado por Miguelzinho Martins, na Rádio Nacional de Brasília.

Acesse no site de origem: Prevenir violência sexual contra crianças e adolescentes ainda é desafio (EBC Rádios – 22/02/2016)

Relacionados: