Projeto “a Lei Maria da Penha nas Escolas” atinge 10 mil alunos (GP1 – 19/11/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O projeto é desenvolvido através de planejamento prévio, entre os profissionais da educação e rede de atendimento à mulher em situação de violência doméstica e familiar.

Promotor Francisco de Jesus e aluna (Imagem:Divulgação)

Promotor Francisco de Jesus e aluna (Imagem: Divulgação)

As ações o projeto “a Lei Maria da Penha nas Escolas” desenvolvidas em parceira entre o Ministério Público e Secretaria de Educação do Estado, de forma pioneira e permanente, já atingiu mais de 10 (dez) mil estudantes e 05 (cinco) mil profissionais da educação, incluindo o interior.

O projeto é desenvolvido através de planejamento prévio, entre os profissionais da educação e rede de atendimento à mulher em situação de violência doméstica e familiar, com capacitações e estudos da cartilha desenvolvida para orientação do corpo docente e discente.

Para a secretária da Educação – Deputada Rejane Dias -, o projeto busca levar a temática às escolas de todo o Estado, de forma pedagógica, permanente e sem substituir os professores em sala de aula, pois são estes os verdadeiros vivenciadores do dia-a-dia dos alunos. “A nossa experiência, pontua a Secretária, deverá provocar mudanças nacionais, com a inclusão de estudos da Lei Maria da Penha nos currículos escolares pelo Ministério da Educação e Cultura”.

O Promotor de Justiça Francisco de Jesus Lima afirma: “o projeto vai além de apresentações, pois tem desenvolvido, nos espaços escolares, através dos principais atores, conscientizações e criatividades sobre a igualdade de gênero e cita as apresentações teatrais, músicas e textos produzidos pelos alunos (as)”. “Não tenho dúvidas que alunos (as) da rede pública de ensino do Estado obterão as melhores notas na redação do ENEM e recita um trecho da poesia produzida pela aluna do 3º ano do ensino médio – Karolayne Araújo -, da Unidade Escolar Professor Pires de Castro, bairro Itararé, que participou das provas.”

A execução do projeto segue suas atividades, em Teresina, com as culminâncias promovidas pelas escolas, na forma do cronograma abaixo, aberto à sociedade em geral, onde os municípios podem firmar parcerias para implantações das ações:

Dia 20/11 (sexta-feira), às 09:00 horas, na Unidade Escolar Premen Sul, situada em Teresina na Climério Bento Gonçalves, s/n – bairro Monte Castelo;

Dia 20/11 (sexta-feira), às 16:00 horas, na Unidade Escolar Domício Magalhães, situada em Teresina no Conjunto Promotora, quadra 57.

Dia 21/11 (sábado), às 09:00 horas, na Unidade Escolar Martins Napoleão, situada em Teresina no Conjunto Promotora, quadra 115.

Dia 21/11 (sábado), às 16:00 horas, na Unidade Escolar Godofredo Freire, situada em Teresina na avenida Miguel Rosa, bairro Piçarra.

Dia 21/11 ( sábado), às 16:30, na Unidade Escolar Dilson Fernandes, situada em Teresina na rua Alferes Deodato Costa Veloso, 243 – bairro São Joaquim.

Dia 23/11 (segunda), às 08:00 horas, Colégio Estadual Zacarias de Góis, com realização no Auditório do Instituto de Educação, situado em Teresina na rua Rui Barbosa – bairro Matinha.

Acesse no site de origem: Projeto “a Lei Maria da Penha nas Escolas” atinge 10 mil alunos (GP1 – 19/11/2015)