Projeto Lá em Casa Quem Manda É o Respeito completa três anos (Gov/MT – 06/05/2014)

Secretário Adjunto Jean Stevan em visita técnica ao projeto (Foto: Chico Valdiner/Secom-MT)

Secretário Adjunto Jean Stevan em visita técnica ao projeto (Foto: Chico Valdiner/Secom-MT)

De caráter educativo e preventivo, o projeto “Lá em Casa Quem Manda é o Respeito”, desenvolvido com a participação do Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT), completa neste mês de março três anos de existência com o atendimento de mais de 1.500 homens autores de diferentes práticas de violência contra as mulheres.

De iniciativa do Ministério Público Estadual (MPE), sob a coordenação da promotora de Justiça Lindinalva Rodrigues Dalla Costa, especializada no Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher em Cuiabá, o projeto visa evitar a reincidência destes atos criminais tipificados pela Lei Maria da Penha.

De acordo com a promotora, o apoio do Poder Executivo estadual tem sido fundamental para sensibilização dos reeducandos para que eles não cometam mais esse tipo de crime.

“O Projeto Lá em Casa Quem Manda é o Respeito chega ao seu último ano de execução com resultados muito positivos. Isso não seria possível, sem a participação efetiva do Governo do Estado, e de profissionais tão capacitados que integram a equipe multidisciplinar no atendimento de forma conjunta e individualizada dos agressores”, avaliou a promotora Lindinalva Rodrigues.

Durante recente visita técnica realizada no Centro de Ressocialização de Cuiabá (Carumbé), o secretário de Estado de Trabalho e Assistência Social, Jean Estevan Campos Oliveira, reuniu-se com a equipe multidisciplinar responsável pelo atendimento dos reeducandos participantes de projeto.

Na oportunidade, o secretário estadual teve acesso ao relatório de três anos do projeto que aponta o índice de reincidência de 5,44%, correspondente a 86 dos 1.580 detentos atendidos pelo projeto neste período. A reunião ajustou os trabalhos para mais um ano de ação, oferecendo todo o apoio e suporte ao setor como forma de garantir mais segurança às mulheres vítimas de violência doméstica. “Pela relevância do projeto e pelos resultados positivos obtidos até o momento, pretendemos com essa visita alinhar os trabalhos e melhorar ainda mais as condições de atendimento com o foco na redução da violência de gênero”, afirmou o titular da Setas-MT.

Reeducandos como o artista plástico Jânio Dutra Olímpio, destacam a importância da inciativa do Poder Executivo estadual em parceria com o Ministério Público de Mato Grosso. “Há um ano comecei a participar do projeto e, desde então, a minha visão sobre família mudou. Depois de pagar pelos meus erros, quero refazer a minha vida, em paz, sem a sombra da violência”, afirmou o reeducando.

Luana Braga
Assessoria/Setas-MT

Acesse no site de origem: Projeto Lá em Casa Quem Manda É o Respeito completa três anos (Gov/MT – 06/05/2014)