Projeto Maria da Penha vai à Escola é destaque no Correio Braziliense (TJDFT – 11/07/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O projeto Maria da Penha vai à Escola, desenvolvido pelo TJDFT, por meio do Centro Judiciário da Mulher – CJM, foi destaque na edição desta segunda-feira, 11/7, do Correio Braziliense. A matéria “O respeito a elas vem desde a infância”, além de destacar a iniciativa pioneira do Tribunal e outra ação do Governo do Distrito Federal com foco na conscientização das crianças sobre a violência contra a mulher, traz uma breve entrevista com o juiz do TJDFT Ben-Hur Viza, um dos coordenadores do CJM e do projeto Maria da Penha vai à escola.

Para o juiz Ben-Hur, conforme entrevista concedida ao veículo, por meio do projeto “espera-se que a nova geração não repita os estereótipos da cultura machista, refletindo em uma redução significativa de todas as formas de violência e em uma sociedade de paz em casa. Além disso, o projeto estimula a articulação da rede de proteção às mulheres em situação de Violência doméstica e familiar, possibilitando que um maior número de atores participem no sistema de enfrentamento e prevenção.”

Desenvolvido desde 2014 pelo Tribunal, o Maria da Penha vai à Escola tem como principal objetivo promover e divulgar a Lei Maria da Penha nas escolas públicas do Distrito Federal, com vistas a garantir sua efetiva aplicação. Por meio do projeto, são promovidas várias atividades para informar, capacitar e orientar diretores, professores, orientadores educacionais e alunos quanto aos direitos das mulheres vítimas de violência doméstica e familiar.

Atualmente, fazem parte da parceria o TJDFT; o MPDFT; a Secretaria de Educação; a Secretaria de Segurança Pública; a Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos; a Polícia Civil do Distrito Federal; a Polícia Militar do Distrito Federal; a Defensoria Pública do Distrito Federal e a OAB/DF.

Acesse no site de origem: Projeto Maria da Penha vai à Escola é destaque no Correio Braziliense (TJDFT – 11/07/2016)