Projeto Vitória Régia, da Seduc, debate a violência contra mulher idosa (Agência Pará – 17/03/2015)

A Coordenação de Ações Educativas Complementares (Caec), da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), por meio do Projeto Vitória Régia, realizou na manhã desta terça-feira (17), no auditório do Centro Integrado de Inclusão e Cidadania (CIIC), o evento Mesa Redonda – Velhice e Gênero: Diálogos sobre a Violência Familiar contra Mulher Idosa. O Projeto Vitória Régia, criado há dois anos, trabalha assuntos recorrentes ao gênero feminino, como a violência cometida contra a mulher, desenvolvendo ações no âmbito escolar, como debates, palestras e seminários, para a capacitação de professores. Dentro do Programa Educação e Envelhecimento houve a palestra sobre Velhice e Gênero.

O evento reuniu professores, representantes da sociedade civil e técnicos de órgãos governamentais. Temas como Violência Física, Psicológica, Financeira, Sexual, Negligência, Abandono e Estatuto do Idoso foram debatidos, a fim de subsidiar o trabalho com professores na construção de projetos destinados às escolas. “Essa discussão irá enriquecer todo o conhecimento que os professores já possuem, para que, com isso, eles possam montar seus projetos e chegar até o aluno”, ressaltou a professora Rosemary Nogueira, coordenadora da Caec.

Segundo Emílio Rebelo Filho, 79 anos, membro do Conselho Estadual da Pessoa Idosa e um dos palestrantes, o evento foi importante para que a sociedade, por meio da educação, se conscientize sobre os direitos da mulher idosa. “A educação é ponto primordial para a solução de todos os problemas que afligem a humanidade. A Secretaria de Educação traz o tema da violência contra a mulher idosa e faz com que se levante na sociedade uma movimentação para que as mulheres conheçam os seus direitos”, disse Emílio Rebelo.

Márcio Flexa