Quase metade das advogadas mulheres sofre assédio sexual na Inglaterra (Conjur – 13/07/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Uma pesquisa divulgada nesta terça-feira (12/7) mostrou que quase metade das mulheres advogadas na Inglaterra já sofreu algum tipo de assédio sexual ou discriminação. Dessas, a metade resolveu ficar calada com medo de ser prejudicada na carreira caso reportasse o assédio.

A pesquisa foi conduzida pela Bar Standard Board, que regulamenta o trabalho dos barristers, aqueles advogados habilitados a fazer sustentação oral nos tribunais. Quase um quarto de todas as barristers na Inglaterra respondeu ao questionário, feito online.

Acesse no site de origem: Quase metade das advogadas mulheres sofre assédio sexual na Inglaterra (Conjur – 13/07/2016)