Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica dá início às comemorações do Dia Internacional da Mulher (DPMT – 03/03/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica contra a mulher de Barra do Garças e Pontal do Araguaia, que tem a Defensora Pública Lindalva de Fátima Ramos como uma das fundadoras e coordenadoras, dá início na próxima sexta-feira (04) às comemorações do Dia Internacional da Mulher, que se estendem até dia 11 de março.

Conforme a Defensora, já no primeiro dia, das 8h às 11h, será realizado um café da manhã, seguido de orientação jurídica, distribuição de 300 mudas de planta nativa, medição de pressão arterial e glicose e “momento beleza”, além de orientação sobre Neoplasia Maligna, saúde indígena, Zika Vírus, Dengue, Febre Chikungunya e informação sobre segurança no trânsito, segurança pessoal e primeiros socorros.

Já no dia dez, serão realizadas apresentações teatrais no Auditório Fernando Peres de Farias, com a Cia Herdeiros da Arte do Estado, de São Paulo, em três sessões. “Serão duas durante o dia para estudantes, sendo uma às 8h e outra às 14h e mais uma às 19h30, para sociedade em geral. Neste último caso, a entrada está condicionada à doação de 1kg de alimento não perecível que será destinado à Apae de Barra do Garças”, explicou Lindalva de Fátima.

No dia 11 de março, às 17h30, serão inauguradas as novas instalações da Delegacia de Defesa da Mulher, que passará a contar com atendimento psicológico, assistência social e pedagógica, brinquedoteca, jardim de inverno, sala do depoimento e hall de entrada com ilustrações da Maria da Penha.

“As atividades e ações da Rede de Enfrentamento se destinam às mulheres vítimas de violência doméstica, homens (autores do fato) e crianças e adolescentes que compõem o núcleo familiar. A articulação entre 41 instituições e serviços governamentais e não governamentais e comunidade são de fundamental importância para o desenvolvimento do projeto, buscando a construção de modelo de intervenção com base nos princípios da democracia, da interinstitucionalidade e da interdisciplinariedade”, explicou a Defensora.

A Rede de Frente tem como objetivo reduzir os índices de violência contra as mulheres na Comarca de Barra do Garças. Para tanto, foram estabelecidos cinco eixos de atuação: Rede de Atenção/Proteção Social da Violência Doméstica; Aplicação humanizada da Lei 11.340/2006 e do procedimento judicial no combate à violência contra a mulher; Plano de Educação Permanente e capacitação para os agentes sociais; Núcleo Acadêmico de Pesquisa; e Projeto Educacional e Cultural de Prevenção à Violência Doméstica nas Instituições Públicas de Ensino.

Gabriela Galvão
Assessoria de Imprensa

Acesse no site de origem: Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica dá início às comemorações do Dia Internacional da Mulher (DPMT – 03/03/2016)