Relatório do movimento HeForShe da ONU Mulheres mostra compromissos de dez universidades do mundo para alcançar a igualdade de gênero

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Universidade de São Paulo é uma das 10 universidades participantes e a única da América Latina. Relatório é o primeiro das universidades participantes da iniciativa.

(ONU Mulheres, 20/09/2016) Em paralelo à 71ª Assembleia Geral das Nações Unidas, a ONU Mulheres lançou hoje o Relatório de Paridade das Universidades do IMPACTO 10x10x10 do movimento ElesPorElas HeForShe. No relatório de progresso, as 10 universidades participantes apresentam seus compromissos e começam a traçar seus progressos na busca pela igualdade de gênero.

Leia mais: Com Emma Watson, ONU Mulheres lança relatório sobre universidades (Rádio ONU – 20/09/2016)

Novo Relatório de Paridade da iniciativa IMPACTO 10X10X10 do movimento HeForShe da ONU Mulheres mostra os compromissos de dez universidades do mundo para alcançar a igualdade de gênero/

Lançada em 2015, a iniciativa IMPACTO 10x10x10 da HeForShe reúne 10 Chefes de Estado, 10 CEOs de empresas e 10 Reitores de Universidades para acelerar a igualdade entre os gêneros em todos os setores.

O grupo das 10 universidades do IMPACTO está distribuído em oito países nos cinco continentes:
Georgetown University, EUA; Institut d’Études Politiques de Paris (Sciences Po), França; Universidade de Nagoya, Japão; Stony Brook University, EUA; Universidade de Hong Kong, Hong Kong; Universidade de Leicester, Reino Unido; Universidade de Oxford, Reino Unido; Universidade de São Paulo, Brasil; Universidade de Waterloo, no Canadá; e Universidade de Witwatersrand, África do Sul.

Com mais de metade da população do mundo com menos de 30 anos e as taxas de graduação cada vez maiores, as universidades têm uma oportunidade sem precedentes de fazer a diferença. O relatório destaca três desequilíbrios críticos importantes que as universidades podem abordar: 1) a relação entre homens e mulheres representadas no corpo docente da universidade e em cargos administrativos seniores; 2) as áreas de estudo selecionadas por mulheres jovens versus homens jovens; e 3) o número de estudantes do sexo feminino em universidades em comparação ao acesso igual na carreira acadêmica e profissional.

“Cada geração de estudantes universitários que emerge desses anos de formação é uma nova chance para o mundo fazer progressos”, disse Phumzile Mlambo-Ngcuka, Subsecretária Geral da ONU e Diretora Executiva da ONU Mulheres. “Agora que os nossos Campeões de IMPACTO estão levando essas iniciativas que visam a quebrar as barreiras existentes para atingir a igualdade de gênero, teremos uma chance de olhar para os quadros de graduados dentro do movimento HeForShe e para as mudanças dos perfis da academia com uma esperança renovada.”

O lançamento do relatório marca a conclusão do primeiro ano do IMPACTO 10x10x10 para as universidades participantes. No relatório, os Campeões de IMPACTO apresentam números de referência transparentes sobre a representação das mulheres em toda a sua população estudantil e corpo docente pelo qual o progresso futuro será medido e publicado anualmente. Esse conjunto de dados refere-se aos níveis de graduação e pós-graduação, bem como funções no corpo docente e em cargos de liderança sênior.

No total, as dez universidades se comprometeram a monitorar seus progressos com base em 30 compromissos. 70 por cento dos Campeões de Impacto se comprometeram a fechar a lacuna de gênero na administração; 40 por cento se comprometeram a diminuir a diferença de representação de gênero na academia; 30 por cento se comprometeram a criar centros de excelência em igualdade de gênero; e 40 por cento se comprometeram a acabar com a violência no campus.

“O desenvolvimento sustentável não é possível e a paz não será duradoura se não empoderarmos cada menina e mulher”, disse Irina Bokova, Diretora-Geral da UNESCO. “A imagem que tenho da nova agenda global é o rosto de uma menina de 12 anos, na escola, sem ser forçada a se casar ou trabalhar. Ou o rosto de uma mulher de 20 anos de idade, na universidade, criando e compartilhando conhecimento. Essa é a importância do IMPACTO 10x10x10 no movimento HeForShe”.

A Embaixadora da Boa Vontade da ONU Mulheres, Emma Watson, que lançou o movimento HeForShe em 2014 e participou do lançamento do relatório, adicionou: “Uma boa universidade é como uma pequena utopia — é um modelo em miniatura de como toda a sociedade pode ser. As universidades do IMPACTO 10x10x10 escolheram fazer da igualdade de gênero um tema central na maneira como educam seus alunos e alunas”.

No Fórum Econômico Mundial, em Davos 2016, os Campeões de IMPACTO das empresas lançaram o relatório inaugural do setor. O Relatório de Progresso das Empresas fez uma divulgação sem precedentes dos dados de diversidade e representação de gênero nas empresas, incluindo informações específicas sobre papéis de liderança e participação nos conselhos, de modo a inspirar outras empresas ao redor do mundo a agirem e monitorarem seus compromissos.

As Universidades do IMPACTO 10x10x10 trabalharão juntas para:

• Institucionalizar políticas de tolerância zero sobre assédio e outros tipos de violência sexual;
• Organizar aulas e oficinas de capacitação em todo o campus para professores, administradores e estudantes;
• Transformar as ideias dos alunos em ação por meio das Maratonas de Ideias HeForShe.

Sobre a ONU Mulheres – A ONU Mulheres é a entidade da ONU dedicada à igualdade de gênero e ao empoderamento das mulheres. A ONU Mulheres foi estabelecida com o objetivo de acelerar o progresso das mulheres e meninas no mundo. Para maiores informações, acesse www.unwomen.org

Sobre o Movimento ElesPorElas HeForShe – Criado pela ONU Mulheres, o movimento de solidariedade pela igualdade de gênero HeForShe oferece uma abordagem sistemática e uma plataforma segmentada para que homens e meninos se engajem nessa causa e se tornem agentes de mudança na busca pela igualdade de gênero. O movimento HeForShe convida homens e meninos a participarem desse movimento das mulheres como iguais, de modo a desenvolver e implementar uma visão compartilhada da igualdade de gênero a benefício de toda a humanidade. Para maiores informações, acesse www.heforshe.org/pt

Sobre o IMPACTO 10x10x10 – A iniciativa-piloto IMPACTO10x10x10 foi criada para contribuir com esse objetivo, estabelecendo parcerias com corporações, universidades e Chefes de Estado que se comprometeram a implementar ações e políticas que têm o potencial de levar suas instituições a conquistar a igualdade de gênero e que podem servir de exemplo para outras instituições do mesmo setor.

O IMPACTO 10x10x10 reúne 10 líderes de governos, empresas e universidades ao redor do mundo para promover mudanças de cima para baixo. Os Campeões de Impacto fazem da igualdade de gênero uma prioridade institucional por meio da realização de três compromissos inovadores e audaciosos para avançar na busca da igualdade de gênero para todos e todas. Esses líderes estão empenhados em mudar o mundo!
Saiba mais sobre essa iniciativa inspiradora em: http://www.heforshe.org/pt/impact

Assine o compromisso HeForShe em: www.HeForShe.org/pt

Leia o relatório completo em:
http://online.fliphtml5.com/zmam/fkdy/#p=1

Siga as páginas nas redes sociais:
Twitter: twitter.com/elesporelas
Facebook: facebook.com/ElesPorElasHeforShe
Instagram: www.instagram.com/elesporelas_heforshe

Acesse no site de origem: Novo Relatório de Paridade da iniciativa IMPACTO 10X10X10 do movimento HeForShe da ONU Mulheres mostra os compromissos de dez universidades do mundo para alcançar a igualdade de gênero (ONU Mulheres, 20/09/2016)