Relatório do SINPOLPI mostra que 70 mulheres foram assassinadas em 2015 (180 Graus – 17/01/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A maioria dos meses do ano, o número de mulheres mortas ficou na casa de cinco

Aumentou em pelo menos 17% o número de feminicídio no estado do Piauí no ano passado em comparação com o ano de 2014. Os dados são da pesquisa realizada pelo Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Piauí (Sinpolpi) e mostram que em 2015, 70 mulheres foram assassinadas em todo o Estado. No ano anterior esse número foi de 60 assassinatos.

Pelos dados divulgados no balanço geral dos assassinatos de 2015, o mês de dezembro foi o mais violento para o sexo feminino com um total de 12 crimes tendo mulheres como vítimas.

A maioria dos meses do ano, o número de mulheres mortas ficou na casa de cinco, seis ou sete. Em apenas dois meses foram registrados três casos, em junho e novembro. Na média foram 5,83 mulheres vítimas de feminicídio em cada um dos 12 meses de 2015.

Conforme a pesquisa, a maioria dos crimes foi passional, mas também houveram outras motivações como envolvimento com drogas e casos de bala perdidas, como aconteceu com a estudante Patrícia Nascimento assassinada em frente ao estádio Lindolfo Monteiro em Teresina.

Dentre as vítimas há mulheres como mais de 80 anos, como uma lavradora assassinada em Cocal do Piauí e uma criança de apenas três meses de vida morta pela mãe com a ajuda do namorado em Isaías Coelho, na região de Simplicio Mendes, segundo a Polícia. Mais ainda: uma criança de apenas um dia de nascida morta pela mãe na zona Leste da capital.

A ocupação das mulheres assassinadas também são as mais variadas possíveis. A maioria era dona de casa, mas houve casos de professora, primeira dama de um município, lavradora e até mesmo mulheres viciadas em drogas. A pesquisa do Sinpolpi é feita com base nas informações divulgadas pelos meios de comunicações do Piauí.

QUEDA
O balanço geral da pesquisa realizada pelo Sinpolpi mostra que no total o ano passado apresentou uma redução de cerca de 14% nos assassinatos em comparação com ao ano de 2014.

Em 2015 foram computados 602 homicídios dolosos no Piauí contra 701 no ano anterior. Em números absolutos a redução foi de 99 crimes. Essa redução também aconteceu na Capital e apenas no interior e litoral houve um aumento.

Mesmo com a queda os números, a pesquisa/sinpolpi mostram algo preocupante: o segundo semestre teve um crescimento mês a mês dos assassinatos. Em julho aconteceram 33, agosto (45); setembro (48); outubro (53); novembro (59) e dezembro com 82 assassinatos.

CAPITAL
Enquanto que em 2014 Teresina registrou um total de 425 crimes, no ano passado este número caiu para 323, com uma diferença de 102 delitos. Em termos percentuais a redução dos assassinatos na Capital em 2015 foi de 24%, segundo a pesquisa do Siinpolpi.

Já com relação aos demais municípios os números são os seguintes: em 2014 aconteceram 276 assassinatos e no ano passado esse número subiu para 279. Os crimes nos demais municípios do Estado vêm em uma escala crescente. Em 2013 foram registrados 212 homicídios dolosos. Só para efeitos de informação, em 2013 foram registrados 496 assassinatos em todo o Estado, sendo 284 na Capital.

TOTAL DE MULHERES ASSASSINADAS EM 2015

Total=70

Jan = 06

Fev = 07

Mar =06

Abri =05

Maio =05

Jun = 03

Jul = 07

Ago = 06

Set = 05

Out = 05

Nov = 03

Dez = 12