Renan Calheiros promete criar o Observatório da Mulher (Agência Senado – 09/03/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O presidente do Senado, Renan Calheiros, assumiu compromisso de transformar o Data Senado em instituto, possibilitando a criação do Observatório da Mulher, sugerido pela senadora Simone Tebet (PMDB-MS), presidente da Comissão Permanente Mista de Combate à Violência contra a Mulher.  A promessa foi feita na cerimônia de entrega do Relatório Anual de Atividades da Procuradoria da Mulher (Promul), realizada nesta quarta-feira (9).

De acordo com Renan, apesar das mulheres ocuparem apenas de 10% das cadeiras do Parlamento, nesta Legislatura se registra a maior produtividade e competitividade em toda a história do Legislativo.  A exemplo da Procuradoria da Mulher, o Observatório, segundo ele, será outro desafio e um compromisso prioritário da Presidência do Senado.

Na apresentação do relatório — uma prestação de contas do órgão, subordinado à Presidência da Casa — a procuradora da Mulher, a senadora Vanessa Graziotin (PcdoB-AM), destacou que apesar da Procuradoria ter apenas três anos de criação, obteve várias conquistas, como o projeto Pautas Femininas, que debate temas de interesse das mulheres e são elaboradas pelas bancadas femininas da Câmara dos Deputados composta de 51 deputadas e do Senado com 12 senadoras.

— Precisamos mostrar o quanto estamos trabalhando para unificar as mulheres na luta pela democracia, e a importância das estruturas que o Parlamento tem nos disponibilizado. Hoje quem luta pelos direitos da mulher é o próprio Senado Federal — destacou a senadora ao apresentar o relatório.

A publicação tem 90 páginas e mostra as atividades do órgão. No total, foram realizadas 85 atividades, sendo 51 eventos; quatro exposições; 10 edições do projeto Pauta Feminina; duas oficinas de saúde da Mulher – autonomia no corpo e na vida; 12 lançamentos da campanha Mais Mulheres na Política nas capitais e seis lançamentos da campanha em cidades do interior.

Renan Calheiros  ressaltou o sucesso da Procuradoria da Mulher:

– Há uma máxima no meio empresarial que define bem o sucesso em um empreendimento, em uma gestão, em uma empreitada qualquer. Diz ela que reunir pessoas é só um começo, manter-se juntos é um progresso, um primeiro passo, e empenhar-nos em um objetivo comum até alcança-lo é sucesso.

O senador destacou ainda que os resultados obtidos no Senado de “fazer mais com menos, com mais isenção e transparência, representa reunir competências, coesão e entusiasmo para o objetivo comum”.

Também participaram do evento as senadoras Simone Tebet (PMDB-MS), Gleisi Hoffmann (PT-PR), Fátima Bezerra (PT-RN), Regina Sousa (PT-PI), Ana Amélia (PP-RS); as deputadas Dâmina Pereira (Sem partido-MG), Carmen Zanotto (PPS-SC), Jô Moraes (PT-MG), Conceição Sampaio (PP-AM), Laura Carneiro (PMDB-RJ), Clarissa Garotinho (PR-RJ); a diretora-Geral do senado Ilana Trombka; e o coordenador-Geral de Operações do Banco Mundial, Boris Utria,  parceiro da Procuradoria da Mulher do Senado.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Presidência do Senado

Acesse no site de origem: Renan Calheiros promete criar o Observatório da Mulher (Agência Senado – 09/03/2016)