Reportagem especial mostra o crescimento do estupro corretivo (SBT Brasil – 24/08/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

As vítimas são lésbicas, mulheres bissexuais e transexuais, e a intenção dos criminosos é forçá-las a mudar a orientação sexual. Um hospital de São Paulo especializado em violência contra mulher registra, pelo menos uma vez por mês, um caso do estupro corretivo.

Acesse no site de origem: Reportagem especial mostra o crescimento do estupro corretivo (SBT Brasil – 24/08/2015)