Sala Lilás qualifica atendimento a mulheres vítimas de violência (Gov/RS – 13/05/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Na visita a Santa Maria, nesta sexta-feira (13), o governador José Ivo Sartori participou da inauguração da Sala Lilás, onde as vítimas de violência podem aguardar por exame de corpo de delito em local reservado, tendo atendimento mais humanizado. A sala fica na área do Posto Médico Legal, na Rua Marechal Floriano Peixoto, atrás do antigo Hospital Universitário.

A reitora da Unifra, Irani Rupolo, agradeceu pela parceria e disse que muito além de uma sala de aula, o espaço vai melhorar o atendimento a mulheres vítimas de violência (Foto: Karine Viana/Palácio Piratini)

A reitora da Unifra, Irani Rupolo, agradeceu pela parceria e disse que muito além de uma sala de aula, o espaço vai melhorar o atendimento a mulheres vítimas de violência (Foto: Karine Viana/Palácio Piratini)

O Centro Universitário Franciscano (Unifra) foi responsável pela reforma das instalações, por meio de convênio com a Secretaria da Segurança Pública, via Instituto Geral de Perícias (IGP). A instituição usará o espaço para estudos dos acadêmicos do curso de Medicina.

Leia mais: Santa Maria ganha espaço para mulheres vítimas de violência (Rádio Gaúcha – 13/05/2016)

Sartori estava acompanhado dos secretários de Políticas Sociais, Maria Helena Sartori, e da Segurança Pública, Wantuir Jacini. Destacou a importância do trabalho e, na conversa com estudantes do curso de Medicina, afirmou que o desafio é formar médicos com uma visão social.

Maria Helena ressaltou o atendimento qualificado e a parceria para a execução do serviço. Citou a parceria firmada entre governo, Judiciário e Hospital Presidente Vargas no desenvolvimento dos programas como as Comissões Internas de Prevenção de Acidentes e Violência Escolar (Cipaves) e o Primeira Infância Melhor, que visam garantir o desenvolvimento das crianças de forma adequada, além de promover a cultura da paz.

A reitora da Unifra, Irani Rupolo, agradeceu pela parceria e disse que muito além de uma sala de aula, o espaço vai melhorar o atendimento a mulheres vítimas de violência.

Texto: Eliane Iensen
Edição: Léa Aragón/Secom

Acesse no site de origem: Sala Lilás qualifica atendimento a mulheres vítimas de violência (Gov/RS – 13/05/2016)