Santa Catarina tem 13 homens presos por dia em flagrante por violência doméstica

Os números da Polícia Civil apontam para uma média diária de 13,7 homens presos em flagrante em Santa Catarina por casos de violência doméstica neste ano. Os dados são de registros entre 1º de janeiro a 10 de outubro de 2019. Neste período, ao todo, foram 3.886 prisões, de acordo com informações da delegada Patrícia Zimmermann D’Ávila, coordenadora das delegacias da Mulher do Estado.

Ao mesmo tempo, não dá para ignorar o número de feminicídios ocorridos desde o começo do ano: 43 mulheres foram assassinadas, número maior do que 2018 inteiro. Para Patrícia, quando a polícia consegue fazer as prisões, como os 13 flagrantes por dia, evita-se que a vítima possa perder a vida nas mãos do agressor:

– A ideia de Polícia Civil é chegar antes de tal forma que a violência não se torne um feminicídio.

O número crescente de assassinatos mostra que ainda há muito a ser feito, principalmente na integração entre municípios, entidades civis organizadas e Estado para enfrentamento dos crimes. A violência doméstica não é apenas caso de segurança pública. Ela passa fundamentalmente por assistência social, educação e saúde. Por isso a necessidade de envolvimento das prefeituras. Ações da organizações não governamentais também são bem-vindas. A união de esforços, neste caso, é requisito básico.

O ano de 2019 e seus números de violência contra a mulher precisam ser um marco para o enfrentamento.

Por Ânderson Silva

Acesse no site de origem: Santa Catarina tem 13 homens presos por dia em flagrante por violência doméstica (NSC Total, 17/10/2019)