Santarém comemora Maria da Penha (TJPA – 08/08/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Encontro para discutir violência doméstica é alusivo aos dez anos da lei nº 11.340

A Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da Comarca de Santarém realizou, nesta segunda-feira, 8, encontro para comemorar os dez anos de sanção da Lei 11.340/06, a Lei Maria da Penha. O objetivo do evento, coordenado pela juíza Monica Miranda de Oliveira, que responde pela Vara, foi de reunir a rede de atendimento à mulher do município para discutir o tema e compartilhar experiências dos profissionais envolvidos.

Na ocasião, foi apresentado pela juíza, juntamente com a equipe interdisciplinar da Vara, o projeto “Vitória Régia – Retirando os véus da opressão: por uma liberdade responsável e consciente”. Também houve a apresentação do Grupo Reflexivo com Autores de Crimes de Situação de Violência Doméstica, que deve começar a executar as suas atividades em breve.

Dois integrantes dos Alcoólicos Anônimos, que já foram agressores, deram seus depoimentos aos participantes, assim como o de uma vítima que por muito tempo sofreu agressões do ex-marido. Hoje, ela está livre da violência que sofria dentro de casa e já conseguiu superar os seus traumas. Ao final do encontro, houve declamação de poesia por parte dos servidores e apresentação de dança de mulheres do Centro de Referência Especializado à Mulher “Maria do Pará”.

O evento também contou com a participação dos representantes do Ministério Público Estadual (MPE); Defensoria Pública do Estado; Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção de Santarém; Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM); Conselho Municipal da Condição Feminina de Santarém; Alcoólicos Anônimos; Pro Paz Mulher; Secretaria de Estado de Saúde (SESPA); Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (SEMTAS); Centro de Referência Especializado à Mulher Maria do Pará; Abrigo Estadual para Mulheres; Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS); Centros de Referência de Assistência Social (CRAS); e Secretaria de Estado de Educação (SEDUC).

Fonte: Coordenadoria de Imprensa
Texto: Anna Carla Ribeiro

Acesse no site de origem: Santarém comemora Maria da Penha (TJPA – 08/08/2016)