São Paulo irá criar o comitê executivo da Casa da Mulher Brasileira

Nesta quarta-feira (4), a secretária Nacional de Políticas para as Mulheres (SPM/SEGOV), Fátima Pelaes e a diretora de Enfrentamento à Violência contra a Mulher da pasta, Lucinery Resende, estiveram reunidas com a coordenadora de Políticas para as Mulheres da Secretaria Municipal de Direitos Humanos da CODADE de São Paulo, Gislaine Caresia, para tratar da criação do Comitê Executivo da Casa da Mulher Brasileira no município. A gestão da casa é feita por meio desse comitê, que irá reunir os órgãos que deverão compor o atendimento da CMB.

Fará parte desse comitê representantes da SPM, da Prefeitura de São Paulo, do Governo do Estado, do Ministério Público, da Defensoria Pública e do Tribunal de Justiça do Estado.

Outro assunto tratado na reunião foi a parceria da SPM na construção do Mapa de Diagnóstico de Violência contra as Mulheres no município de São Paulo. O mapa está sendo construído pela prefeitura em parceria com a ONU Mulheres.“Viemos solicitar o apoio da SPM na construção desse documento que será um importe instrumento de gestão”, explicou Gislaine.

A coordenadora, também, convidou a secretária Fátima Pelaes, para participar, no dia 24 de novembro, da abertura da campanha dos 16 Dias de Ativismo pela Eliminação da Violência contra a mulher. Durante a campanha, o município organizará uma série de ações para mobilização no combate a violência.

Acesse no site de origem: São Paulo irá criar o comitê executivo da Casa da Mulher Brasileira (SPM – 04/10/2017)