Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos leva serviços a Arapiraca (Gov/Alagoas – 26/05/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Garantir a igualdade de oportunidades e o acesso da população às ações do governo de Alagoas em diversas áreas. É com este objetivo que a secretária de Estado da Mulher e Direitos Humanos, Roseane Cavalcante, a Rosinha da Adefal, estará com sua equipe em Arapiraca, nesta sexta-feira (29) e no sábado (30), para participar da primeira grande ação da gestão no interior do Estado: o Governo Presente.

Segundo explica Rosinha da Adefal, a iniciativa está sendo articulada por secretarias estaduais e integra políticas públicas para o desenvolvimento social em todas as áreas, discutindo em rede as prioridades de ações e controle social dos resultados.

“Estamos agindo conforme os compromissos assumidos pelo governador Renan Filho. É uma gestão moderna, participativa e transparente junto da população, reduzindo os índices de vulnerabilidade social, ofertando dias melhores a quem necessita”, disse a secretária.

Durante o Governo Presente, a Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos levará diversos serviços e realizará atividades como: exposição de material informativo no stand, apresentação de basquete em cadeiras de rodas, orientação e cuidados básicos da pessoa com deficiência e terapia ocupacionais.

Os presentes na ação terão informações sobre direitos na concessão de cadeiras de rodas, órteses, exames, entre outros. Haverá, sobretudo, reunião dos Conselhos de Direitos, entrega da Casa Abrigo e van, palestra sobre a Lei Maria da Penha, atendimento na Unidade Móvel, atendimento jurídico e psicológico, palestra sobre Direitos Humanos e Procon Móvel, distribuição de guias de bolsos com orientações ao consumidor, além de fiscalizações.

Casa Abrigo
A Casa Abrigo oferece às vítimas de violência um atendimento multidisciplinar que favorece o resgate da autoestima e a reconstrução da autonomia da mulher. Após sofrerem as mais variadas formas de violência doméstica e familiar, elas são condicionadas a buscar uma proteção legal amparada pelo Estado, que deve proporcioná-las toda uma estrutura necessária para que esta fragilidade seja minimizada ou, quem sabe, superada.

“Além do amparo psicológico que será oferecido, a Casa Abrigo já proporciona apoio assistencial e jurídico. Às mulheres vítimas de violência e seus filhos necessitam de um ambiente saudável, onde possam sentir-se seguras, fortalecidas da decisão que tomaram”, comentou Claudia Simões, superintendente da Secretaria da Mulher.

“Não é qualquer mulher que sofre violência doméstica que vai contar com essa política de abrigamento. A vítima que vai para a Casa Abrigo tem um perfil específico, ela precisa estar numa situação de vulnerabilidade em relação à integridade física. Possuir risco eminente de morte”, acrescenta a superintendente.

Neste fim de semana, aproveitando a ida do governador, Renan filho. A secretaria Rosinha da Adefal fará a entrega formal da casa em Arapiraca. Não existe inauguração porque esse endereço é sigiloso. A capital do Agreste ainda vai receber uma van para ajudar no transporte de equipe e vítimas, e em breve um carro popular também será entregue.

Unidade Móvel
O serviço itinerante prestado pela Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos oferece atendimento com psicólogo, assistente social e assessor jurídico. O objetivo da unidade móvel é a prevenção e a conscientização de direitos das mulheres vítimas de violência doméstica, além do rompimento do ciclo de violência para aquelas que se encontram nessa situação.

O ônibus, que foi adquirido em um convênio com o governo federal, dá a possibilidade de atender e orientar as mulheres trabalhadoras rurais vítimas de violência, já que, na maioria dos casos, as comunidades mais afastadas não possuem os serviços necessários a este atendimento. A chegada da Unidade Móvel também fortalece a decisão de fazer uma denúncia na perspectiva de enfrentar a violência.

Fernando Costa

Acesse no site de origem: Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos leva serviços a Arapiraca (Gov/Alagoas – 26/05/2015)