SEPM, Cram e Polícia Militar vão desenvolver ação conjunta no Macapaba-AM (Amazônia Brasil Rádio Web – 13/06/2014)

O Governo do Amapá, através da Secretaria Extraordinária de Políticas para as Mulheres (SEPM), Centro de Referência e Atendimento à Mulher (Cram) e Polícia Militar do Amapá (PMAP), vai levar ao conjunto Cidade Macapaba grande ação conjunta, em um trabalho de prevenção a violência contra a mulher, entre outras atividades que serão desenvolvidas junto à comunidade, dentro da Unidade de Polícia Comunitária (UPC) instalada no residencial.

Várias reuniões vêm sendo realizadas com representantes das instituições governamentais envolvidas. Nesta sexta-feira, 13, no quartel da Polícia Militar, aconteceu mais uma reunião onde foi discutida a questão de gênero e, especificamente, o trabalho de divulgação e aplicação da Lei Maria da Penha nas ações. A Lei Maria da Penha cujo principal intuito é atender mulheres que são vítimas de violência doméstica.

Ideias e propostas foram apresentadas e debatidas entre as equipes da SEPM, Cram e PM. Da SEPM, além da secretária Luci Tavares, estavam presentes as servidoras Neidiane Sucupira, Cleide Araújo, Michelle Rocha e Silvana Marques; a coordenadora do Cram, Sandra Cardoso, e da PM, os militares graduados Jean Robert, Rosivaldo Andrade e Andrei Luiz Costa, estes liderados pelo Coronel Aclemildo Barbosa dos Santos, comandante da instituição militar.

Ficou acordado que, nos próximos cursos de formação para as turmas de policiais militares, o tema sobre a lei Maria da Penha será introduzido na programação curricular.

A secretária Luci Tavares revelou também que, nas duas últimas reuniões com a PM, a SEPM apresentou proposta para uma ação duradora conjunta, buscando, inclusive, estrutura de veículos motorizados com caracterização de adesivo para as ações.

“A dimensão do projeto Macapaba que vai receber, inicialmente, nesta primeira etapa uma comunidade composta de aproximadamente 10 mil habitantes, onde boa parte dessa massa populacional é formada por mulheres, pede que o governo prepare uma super estrutura, incluindo maior segurança e um trabalho minucioso de prevenção para controle e amenização de impactos sociais”, concluiu a secretária Luci Tavares.

Acesse no site de origem: SEPM, Cram e Polícia Militar vão desenvolver ação conjunta no Macapaba-AM (Amazônia Brasil Rádio Web – 13/06/2014)