Servidores da saúde são capacitados para atenderem vítimas (Pref. Cuiabá – 31/07/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A tarde desta sexta-feira (31), foi de aprendizado para 35 servidores da Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá que atuam diretamente nos cuidados de pessoas que sofreram algum tipo de violência física, sexual ou emocional. A ideia é promover uma capacitação continuada para fortalecer os trabalhos deste setor.

O principal objetivo do projeto é sensibilizar os profissionais de saúde que atuam nas unidades de urgência e emergência para identificação, acolhimento, atendimento e encaminhamento das pessoas em situação de violência.

Formação buscou sensibilizar funcionários que atendem mulheres em situação de violência (Foto: Michel Alvim)

Formação buscou sensibilizar funcionários que atendem mulheres em situação de violência (Foto: Michel Alvim)

Foram discutidos entre outros temas, o papel do profissional de saúde no atendimento às pessoas em situação de violência; aspectos legais e éticos da notificação da violência interpessoal e autoprovocada; aspectos psicossociais da violência doméstica contra crianças e adolescentes e Vigilância das violências em Cuiabá; notificações, fluxo de atendimento e a articulação para o trabalho em rede

De acordo com a responsável pelo projeto, a nutricionista Josiane Rodrigues, a ideia é que os profissionais conheçam os fatores que podem ajudar estas pessoas a superar os conflitos que envolvem a violência. “Estas pessoas ficam sensíveis e vulneráveis demais, por isso os profissionais que lidam com elas precisam estar preparados para oferecer um atendimento humanizado e adequado conforme as necessidades de cada um”, explica à coordenadora.

Dentro desta ação os servidores têm a oportunidade de expor as dificuldades e dúvidas sobre os trabalhos e os coordenadores devem montar um plano de ação para ampliar os atendimentos e melhorar as condições de trabalho destes profissionais.

“Quem trabalha na saúde tem que amar o que faz, mas quem cuida de pessoas violentadas deve ter um amor ainda maior pelo trabalho, pois além de carinho e cuidado estes profissionais oferecem apoio e acolhimento”, afirma Josiane.

Além das ações pertinentes a SMS a equipe prevê realizar parcerias com outras secretarias municipais e entidades.

“Vamos atuar em conjunto com as secretarias de assistência social, educação, com a justiça também em casos que forem necessários encaminhamentos ou apoio destas pastas”, disse.

Camila Paulino

Acesse no site de origem: Servidores da saúde são capacitados para atenderem vítimas (Pref. Cuiabá – 31/07/2015)