Sesp e Judiciário formam grupo para enfrentar violência contra a mulher (Banda B/PR – 04/09/2012)

Foi criado nesta segunda-feira (03) um grupo de trabalho composto por integrantes da secretaria de Estado da Segurança Pública e do Poder Judiciário, que trabalhará para aprimorar as ações de prevenção, investigação e processos que envolvam violência contra a mulher. A integração com outros órgãos é uma das metas previstas no Programa Paraná Seguro.

Este grupo ficará encarregado de pôr em prática uma série de medidas que foram levantadas pela Comissão Parlamentar Mista de Inquérito da Violência contra a Mulher. Entre elas está a mudança de endereço da delegacia especializada de Curitiba e o andamento dos inquéritos para investigar casos de violência doméstica e de violência seletiva contra as mulheres.

“Temos um projeto específico para Curitiba e para o interior do Estado no que diz respeito a esta questão, de proximidade dos serviços ofertados entre a Segurança, o Judiciário e o Ministério Público do Paraná, além da consolidação de novas Delegacias da Mulher pelo Paraná”, disse o secretário estadual da Segurança Pública, Reinaldo de Almeida Cesar.

Participarão do grupo de trabalho o assessor civil da Secretaria da Segurança Pública, delegado Rafael Vianna; a delegada titular da Delegacia da Mulher, Maritza Haisi; a desembargadora do Tribunal de Justiça do Paraná Denise Kruger Pereira; as juízas Luciane Bortoleto, do Juizado da Violência Doméstica, e Suzana Oliveira, da Vara Criminal de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba.

De acordo com a delegada Maritza, será desencadeada uma operação para cumprir os 106 mandados de prisão em aberto contra suspeitos de violência contra a mulher. Está em estudo também a mudança de local da delegacia especializada na capital, para se tornar mais acessível a mulheres vítimas de crimes.

Segundo o delegado Rafael Vianna, no próximo dia 12 será entregue para a CPMI da Mulher o relatório preliminar, com os primeiros resultados. A entrega do relatório consolidado está prevista para 14 de dezembro.

Acesse no site de origem: Sesp e Judiciário formam grupo para enfrentar violência contra a mulher (Banda B/PR – 04/09/2012)