Sinop recebe palestras sobre ciclo da violência (TJMT – 18/07/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Cerca de 200 pessoas entre psicólogos, assistentes sociais, oficiais de justiça e policiais civis e militares participaram da capacitação para melhorar o atendimento às vítimas de violência doméstica e familiar em Sinop (a 500 km de Cuiabá), na última sexta-feira. Magistrados de Cuiabá foram palestrantes no evento realizado na Câmara Municipal, durante todo o dia. A ação faz parte da campanha Justiça pela Paz em Casa, realizada pela Corregedoria-Geral da Justiça de Mato Grosso (CGJ-MT) em parceria com a Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cemulher).

Pela manhã, a juíza Ana Cristina Silva Mendes, da 10ª Vara Criminal e da 1ª Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Cuiabá, falou a respeito o tema da segunda edição da campanha em 2016: Cabeça de Mulher. “É fundamental que esses profissionais entendam como funciona a cabeça da mulher vítima de violência”, considerou. A magistrada Jaqueline da Costa Silva Cherulli, da 3ª Vara Especializada de Família e Sucessões de Várzea Grande abordou o tema ‘Guarda compartilhada e a Lei Maria da Penha’. Jeverson Luiz Quinteiro, da 2ª Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da capital, palestrou sobre medidas protetivas.

À tarde, o juiz Jamilson Haddad Campos, da 1ª Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Cuiabá, discorreu sobre alienação parental. Para fechar, o coordenador do curso de Psicologia da Unic Sinop, Antônio Roberto Garcia Junior, falou com relação ao abuso sexual contra crianças e adolescentes. As exposições foram acompanhadas pela líder da campanha Justiça pela Paz em Casa e coordenadora da Cemulher, desembargadora Maria Aparecida Ribeiro.

A juíza Débora Roberta Pain Caldas, diretora do Fórum e coordenadora do evento, opinou acerca da importância da capacitação e de como a proposta foi recebida na comarca. “Os participantes saíram muito satisfeitos com as palestras e com a oportunidade de ouvir os ensinamentos dos juízes e poder esclarecer dúvidas relativas aos procedimentos adotados em caso de violência doméstica e familiar. Todos se sentiram valorizados pelo fato do Poder Judiciário ter proporcionado o curso sobre questões primordiais no exercício de suas funções”, afirmou.

Sinop foi o segundo polo a receber o treinamento. As próximas paradas são em Cáceres (a 225 km da capital), dia 22 de julho, e Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá), em 5 de agosto. A campanha será realizada de 15 a 19 de agosto em todo o país.

Ana Luíza Anache
Assessoria de Comunicação CGJ-MT

Acesse no site de origem: Sinop recebe palestras sobre ciclo da violência (TJMT – 18/07/2016)