Sobe o número de casos de estupro na cidade de São Paulo em julho (R7 – 25/08/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Foram 20 casos a mais registrados na cidade, em relação ao mesmo período de 2014

O número de casos de estupro na capital paulista subiu 11,83% em julho deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. No último mês, foram registrados 189 estupros contra 169 em julho de 2014. Os dados foram divulgados na tarde desta terça-feira (25) pelo secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Alexandre de Moraes.

Apesar do aumento mensal, o balanço do acumulado mostra queda nos registros dos crimes de estupro na cidade. Entre janeiro e julho do ano passado, foram contabilizados 1.382 casos. No mesmo período deste ano, esse número caiu para 1.223, em relação aos mesmos sete meses. Uma queda de 11,51%.

De acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública), esse índice é o menor registrado desde 2009, quando entrou em vigor a nova lei do estupro, que passou a abranger outras classificações de crimes, como atentado violento ao pudor.

O secretário de Segurança atribui a alta dos números em julho deste ano às particularidades desse tipo de casos.

— São crimes de difícil prevenção, porque muitos acontecem dentro das próprias casas. A polícia está mapeando as ocorrências para ver se há alguma coincidência.

Apesar do índice de estupros ter caído no Estado, os números ainda impressionam. No acumulado dos últimos sete meses, foram registradas 5.266 ocorrências contra 5.878 no mesmo período do ano passado. Segundo a Secretaria, esse número apresentou 26 meses de queda dos últimos 27.

Outros números

Houve queda no índice de outros crimes no Estado, como roubo de carga e de veículos e homicídios.

Em julho, foi registrada uma queda de 17,47% no caso de homicídios, que passou de 332, em 2014, para 274, neste ano. O número corresponde a 9,25 ocorrências a cada 100 mil habitantes. O dado, de acordo com a secretaria, é o menor registrado no Estado desde o início da série histórica, em 2001.

O número de latrocínios passou de 20, em julho de 2014, para 25, em julho deste ano no Estado, o que equivale a crescimento de 25%.. Na capital, esse número ficou estável, contabilizando seis casos no mesmo período em 2014 e 2015 e, na Grande São Paulo, houve redução de 9 para 4 casos.

O aumento ocorre em uma tendência contrária à queda na maioria das estatísticas criminais do Estado. Tanto furtos quanto roubos e homicídios tiveram redução. Os latrocínios se concentraram no interior do Estado, onde o registro desse crime subiu de 5, em julho de 2014, para 15 no último mês. Segundo o secretário, mesmo com o aumento, o número é o segundo mais baixo do ano.

— Não há uma preocupação muito grande, porque ainda se mantém a tendência de queda.

Caroline Apple

Acesse no site de origem: Sobe o número de casos de estupro na cidade de São Paulo em julho (R7 – 25/08/2015)