SP tem aumento de 19% de casos de estupros no estado em junho (G1/São Paulo – 25/07/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Foram 811 casos, contra 781 no mesmo mês de 2015. Número de casos de homicídio caiu 11,7% em relação a junho de 2015.

O estado de São Paulo registrou um aumento de 19,09% no número de casos de estupro em junho de 2016 em comparação com o mesmo mês do ano passado, de acordo com os dados da violência divulgados nesta segunda-feira (25) pela Secretaria de Segurança Pública. Foram registrados 811 casos no estado no mês de junho, contra 781 no mesmo mês de 2015.

Nas cidades do interior paulista, a quantidade de estupros chegou a subir 24,54%. Se em junho de 2015, foram 383 ocorrências do tipo, neste ano, o número de registros mensal foi de 477.
Ainda na comparação mês a mês, houve aumento no número de estupros também na capital paulista e nos municípios da região metropolitana, que registraram 13,58% e 10,29% mais casos, respectivamente.

Clique aqui para assistir à reportagem

Em todo o estado, o crime de estupro cresceu 4,5% no acumulado do primeiro semestre deste ano em relação aos seis primeiros meses do ano passado. Em números absolutos, foram 4.736 episódios deste tipo de violência sexual só em 2016 enquanto no mesmo período de 2015 haviam sido 4.532. Na capital, foram 1.055 casos de estupros no semestre.

O secretário da Segurança Pública, Mágino Alves, disse não saber o motivo do aumento de casos do crime. “Ninguém consegue detectar [o motivo]. Não se dizer qual as causas do aumento do número de estupros”.

Perguntando como o governo poderia combater o crescimento do crime sem saber os motivos que levaram a este maior registro de casos, Alves disse que o crime de estupro tem uma característica única e, por isto, é um dos mais difíceis de se investigar.

“É um crime cometido em um ambiente familiar ou entre pessoas que se relacionam. Os dados estatísticos mostram que até 81% dos crimes de estupro acontecem entre pessoas que se relacionam, ou é uma relação afetiva ou uma relação de amizade, de parentesco, então, a grande massa desses crimes é muito difícil de se evitar já que é cometida a quatro paredes”.
Segundo o secretário, a comunicação do crime tem, então, um papel “muito importante” para que se possa mapear os casos. “É fundamental que a gente tenha a notificação das vítimas para a gente poder disparar a investigação para apurar a autoria desses crimes”.

Queda de homicídios

O número de casos de homicídios no estado diminuiu 11,74%, com 31 ocorrências a menos. O número de casos baixou de 264 em junho de 2015 para 233 registros em junho de 2016. O número de vítimas de homicídio em junho também diminuiu em relação ao mesmo mês do ano anterior: foram 241 vítimas, contra 276 em junho de 2016.

No semestre, o número de ocorrências de homicídios dolosos caiu 10,6%, com 205 casos a menos. A quantidade baixou de 1.934, de janeiro a junho, para 1.729 em igual período deste ano.

Will Soares
Do G1 São Paulo

Acesse no site de origem: SP tem aumento de 19% de casos de estupros no estado em junho (G1/São Paulo – 25/07/2016)