SSP-PI nomeia delegada para Núcleo Investigativo do Feminicídio no Piauí (PCPI – 05/03/2015)

A Secretaria Estadual de Segurança Pública nomeou nesta quinta-feira (05/03), a delegada Tânia Miranda para coordenar o Núcleo Policial Investigativo de feminicidio no Piauí. Ela será responsável pela investigação de casos de violência contra mulheres, travestis e transexuais.

De acordo com a Secretária Interina de Segurança Pública, delegada Eugênia Villa, estes casos estavam diluídos em várias delegacias do estado, o que dificultava uma investigação profunda de crimes relacionados ao Feminicídio. Com a criação do núcleo será possível aprofundar as ações em torno das motivações, agressores e as políticas de controle contra este tipo de violência.

“Nós não estamos para brincadeira, à violência contra mulher vai ser investigada com toda conotação policial que pode ter, visando sair do campo assistencial e partindo para o combate com prisões temporárias, preventivas e em flagrante”, disse a Secretária.

A delegada Tânia Oliveira integra a Polícia Civil há cinco anos e garante que vai acompanhar de perto todos os casos, buscando dar uma resposta rápida e eficaz para a sociedade.

O Núcleo Investigativo passa a funcionar provisoriamente na Delegacia da Mulher do bairro Buenos Aires, na zona Norte de Teresina, mas a nova pasta deve ganhar um espaço especifico para realizar as investigações. O lançamento oficial acontece na próxima segunda feira, às 09h, na Secretaria de Segurança com a presença de grupos feministas do estado.

A criação do novo serviço à sociedade vai de encontro à votação e aprovação na Câmara dos Deputados do projeto de lei 8305/14 do Senado Federal que inclui o ato de matar uma mulher pelo simples fato de ela ser do sexo feminino na lista de homicídios qualificados, além de colocá-lo entre os crimes hediondos. O texto segue para sanção presidencial.

Acesse no site de origem: SSP-PI nomeia delegada para Núcleo Investigativo do Feminicídio no Piauí (PCPI – 05/03/2015)