Suspeito de estuprar jovem no metrô será intimado nesta quinta-feira (G1/Pernambuco – 22/09/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Delegada Ana Elisa Sobreira ainda convocará policial que fez o flagrante. Homem chegou a ser foi detido, mas foi liberado após prestar depoimento

A delegada titular da Delegacia da Mulher, Ana Elisa Sobreira, intimará nesta quinta-feira (22) o suspeito de ter estuprado uma mulher de 21 anos no metrô do Recife na quarta (21). O homem chegou a ser detido por seguranças do sistema metroviário, mas foi liberado após ser ouvido pela polícia. A delegada ainda convocará o policial que fez o flagrante. Ela espera que eles compareçam a delegacia entre está sexta (23) e a segunda (26).

Leia mais:
Polícia vai investigar falhas em atendimento à vítima de abuso sexual no Recife (Agência Brasil – 22/09/2016)
Delegacia da Mulher assume inquérito sobre estupro no metrô (JC Online – 21/09/2016)
Estupro x assédio: entenda as diferenças (JC Online – 22/09/2016)

A Polícia Civil está apurando a conduta dos policiais envolvidos no caso. A corporação pretende tirar todas as dúvidas sobre o período compreendido entre prisão e a libertação do suspeito.

Passageiros esperam trem na estação de Camaragibe (Foto: Foto: Everaldo Silva/TV Globo)

Passageiros esperam trem na estação de Camaragibe (Foto: Foto: Everaldo Silva/TV Globo)

Ana Elisa conta que ouviu a vítima e a mãe dela, na quarta-feira. Em depoimento, a jovem informou que vinha sendo perseguida pelo agressor há duas semanas.Uma agressão gradativa.

A vítima começou a notar que ele sempre descia na mesma estação e pegava o mesmo ônibus. No começo, ele se encostava nela com a desculpa do vagão lotado. Depois, começou a apertar seus órgãos genitais com mais rigidez.

Por fim, a jovem pediu ajuda para a mãe, que resolveu pegar o metrô com a filha, entrando em outro vagão. A situação se repetiu e o homem voltou a tocar na genitália da jovem, desta vez com mais força. Chorando, a vítima saiu da composição, enquanto a mãe seguiu o suspeito pedindo apoio da população para detê-lo.

“Como ele foi liberado pelo primeiro delegado, meu trabalho começou do zero. Ouvi vítima e mãe, colhi os dados e vou intimar suspeito e policial. Ao fim, vou analisar se o indicio ou não por estupro. Espero que eles compareçam à delegacia o quanto antes para finalizar esse processo o mais rápido possível”, pontuou.
A delegada ainda fez questão de ressaltar que o abuso sexual deve ser tratado com muita atenção pela sociedade. “Sempre que eu posso esclareço que o estupro não é só o fato consumado. É o atentado violento ao pudor quando a vítima é ameaçada ou violentada”, encerrou.

Pesquisa

Segundo levantamento divulgado pelo Instituto Datafolha nesta quarta (21), um em cada três brasileiros acredita que as mulheres vítimas de estupro são as culpadas pela violência. Entre os homens, o pensamento ainda é mais comum: quase metade deles dizem que mulheres que se dão ao respeito não são estupradas.

A culpabilização da vítima também acontece entre as mulheres, que são as que mais sofrem com o crime: 32% concordam com a afirmação. Para 30% dos homens, a mulher que usa roupas provocativas não pode reclamar se for estuprada. O Datafolha entrevistou, entre os dias 1º e 5 de agosto, 3.625 pessoas de 217 cidades espalhadas por todo o Brasil. A margem de erro máxima estimada é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Casos recentes em Pernambuco

Uma mulher foi vítima de estupro após ser abordada por um desconhecido de bicicleta nesta segunda-feira (14), na Rua José Osório, no bairro da Madalena, Zona Oeste do Recife. De acordo com a polícia, o crime aconteceu por volta das 18h e a vítima, a pé, foi abordada pelo agressor, que a ameaçou com um canivete.
Na última sexta (16), foi efetuada a prisão do quinto acusado de estupro no estado em dois dias. O crime aconteceu no dia 8 de julho no bairro da Torre, na Zona Oeste do Recife, e o suspeito, de 40 anos, foi identificado através de imagens de câmeras de segurança de um prédio próximo ao local do crime.

Um outro suspeito de estuprar mulheres na Zona Sul do Recife foi preso pela Polícia na quinta (15). De acordo com o delegado Carlos Couto, o homem abordava mulheres em locais próximos ao seu trabalho e residência, no bairro da Imbiribeira, e apalpava os seios e genitálias das mulheres. Ainda segundo o responsável pelo caso, pelo menos cinco vítimas identificaram o acusado.

No último dia 16 de agosto, uma estudante de medicina de 29 anos também foi vítima de estupro no Recife. Depois de chegar à casa do pai, no bairro do Parnamirim, Zona Norte da capital pernambucana, a vítima foi abordada por um homem que entrou no carro e sequestrou a vítima. Câmeras de segurança de um prédio registraram o momento em que o homem entra no carro da vítima. O suspeito, Wellington Oliveira, 30 anos, foi preso no dia 14 de setembro e confessou o crime no Departamento de Polícia da Mulher, no Centro.

No dia 8 de setembro, uma empresária de 32 anos foi abordada por um homem ao sair de uma loja na Rua Amélia, no bairro das Graças, Zona Norte do Recife. O suspeito levou a mulher para um ponto na BR-101 Sul, onde estuprou a vítima. A Polícia ainda não conseguiu identificar o agressor.

Acesse no site de origem: Suspeito de estuprar jovem no metrô será intimado nesta quinta-feira (G1/Pernambuco – 22/09/2016)