Mulheres vítimas de violência doméstica aderem ao e-commerce para vender produtos (Diário Digital – 16/12/2015)

Loja virtual foi criada para comercialização de artesanatos e doces caseiros Um grupo de mulheres em situação de vulnerabilidade social de Anastácio, cidade com 23
Leia mais…