Acusado de estuprar e matar adolescente em Taguatinga é condenado a 32 anos (MPDFT – 07/04/2016)

Jurados acataram a tese de estupro, homicídio triplamente qualificado – motivo torpe, cruel e meio que dificultou a defesa da vítima – e ocultação de
Leia mais…