Machismo recua, mas 23% condenam roupa curta de mulher, diz estudo (Folha de S.Paulo – 07/12/2016)

Recentemente, alguns pararam de se referir a mulheres por termos como “piranha” ou “vagabunda” (8%), outros deixaram de cantá-las na rua (18%). Alguns não mais
Leia mais…