TJRN e Instituições de Ensino Superior discutem parceria para a “Justiça Pela Paz em Casa” (TJRN – 14/07/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A Presidência do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte reuniu reitores e dirigentes de cursos de seis instituições de ensino superior do Estado para tratar das ações que envolvem a Semana Justiça Pela Paz em Casa, que acontece em sua segunda edição no RN no período de 3 a 7 de agosto nas unidades de Justiça potiguares com foco no combate à violência doméstica e familiar. O presidente do TJRN, desembargador Claudio Santos, a coordenadora do Núcleo de Ações e Programas Socioambientais (NAPS), desembargadora Zeneide Bezerra, e a coordenadora estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Domiciliar do TJ, juíza Fátima Soares, receberam os representantes das faculdades para tratar da participação de estudantes nesta ação de extensão voluntária durante os dias da Semana, que será realizada em todo o Brasil, com apoio do Supremo Tribunal Federal (STF). A reunião ocorreu nessa segunda-feira.

Judiciário, executivo e universidades se unem para preparar a 2ª edição do Justiça Pela Paz em Casa (Foto: TJRN)

Judiciário, executivo e universidades se unem para preparar a 2ª edição do Justiça Pela Paz em Casa (Foto: TJRN)

“Nossa preocupação não se restringe a quantidade de processos em tramitação, mais de 9 mil em andamento no Estado, mas deve-se também a grande quantidade de processos que tem sido abertos nas unidades judiciais, mostrando que a mulher vítima da violência tem denunciado as agressões cada vez mais”, salienta o presidente do TJRN. Só em Natal, são cerca de 5 mil processos referentes à violência doméstica e familiar.

Estiveram presentes representantes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Universidade Federal do Semi-Árido (UFERSA), Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), Faculdade Estácio de Sá, Faculdade Mater Christi e Centro Universitário do Rio Grande do Norte (UNI-RN).

A desembargadora Zeneide Bezerra ressalta que a participação das universidades e faculdades irá contribuir para o êxito da Semana Justiça Pela Paz em Casa, sobretudo pela presença de acadêmicos de Direito, Psicologia e Serviço Social. A magistrada lembrou da reunião realizada em Brasília, pela ministra do STF, Carmem Lúcia, que firmou convênio com o Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (CRUBs) para apoiar a campanha Justiça Pela Paz em Casa, em 30 de junho.

“Estamos fechando a programação do evento mas podemos adiantar que iremos prestar atendimento jurídico a mulheres vítimas da violência doméstica e agilizar uma quantidade expressiva de processos em tramitação nesta área”, adianta a juíza Fátima Soares.

Na segunda-feira (20), o TJRN recebe novamente os representantes das instituições de ensino para detalhar novas informações sobre a parceria.

Acesse no site de origem: TJRN e Instituições de Ensino Superior discutem parceria para a “Justiça Pela Paz em Casa” (TJRN – 14/07/2015)