TJSP participa de VII Fórum Nacional de Juízes de violência doméstica e familiar contra a mulher (TJSP – 20/11/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Na última quarta-feira (18) teve início o VII Fórum Nacional de Juízes de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher (Fonavid), realizado em Foz do Iguaçu (PR). Magistrados de todo o Brasil dirigiram-se ao encontro, cujo tema é “Aprimoramento da Lei Maria da Penha e Boas Práticas – Paz na Família”. Entre eles, as juízas Maria Domitila Prado Manssur Domingos, Teresa Cristina Cabral Santana Rodrigues dos Santos e Márcia Faria Mathey Loureiro, integrantes da Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário de São Paulo (Comesp), e José Loureiro Sobrinho, que representaram o Tribunal de Justiça de São Paulo.

Juízes se reuniram para compartilhar experiências, debater aspectos jurídicos da Lei Maria da Penha e estudar formas de combate à violência de gênero. A preparação do TJSP para o Fonavid começou com antecedência. Ainda no dia 24 de abril foi realizada a primeira reunião preparatória, ocorrida no Fórum João Mendes Júnior. Já a segunda aconteceu no dia 12 de agosto. Os trabalhos tiveram participação de magistrados e servidores integrantes da Comesp.

Ontem (19), a juíza Maria Domitila coordenou o terceiro painel, que apresentou as palestras “Importância da Iniciativa Privada no Enfrentamento da Violência contra a Mulher”, com o diretor-executivo do Instituto Avon, Lírio Cipriani, e “Mulheres Empreendedoras e Projeto de Lei do Senado nº 14/2015”, com a senadora Gleisi Hoffmann. O painel contou, ainda, com a presença do juiz Jamilson Haddad Campos, do Mato Grosso.

Coube também à juíza Maria Domitila presidir o encerramento do Fórum, que aconteceu hoje (20), às 10 horas, quando aconteceu assembleia para as conclusões do encontro. A juíza Márcia Mathey foi eleita representante da região Sudeste.

Acesse no site de origem: TJSP participa de VII Fórum Nacional de Juízes de violência doméstica e familiar contra a mulher (TJSP – 20/11/2015)