Tornozeleiras eletrônicas serão usadas em Minas para garantir o cumprimento da Lei Maria da Penha (Montes Claros.com/MG – 11/08/2012)

As mulheres vítimas de agressão doméstica em Belo Horizonte terão as tornozeleiras eletrônicas como aliada para sua segurança. Para garantir o cumprimento da Lei Maria da Penha que estabelece uma distância física mínima entre vítima e agressor, tornozeleiras eletrônicas serão usadas pelos homens. O projeto deve ser implantado ainda neste ano, segundo a Secretaria de Estado de Defesa Social.

As vítimas portarão um chip, que poderão carregar na bolsa, por exemplo. Se os dois dispositivos ficarem a uma distância inferior ao estabelecido, um sinal eletrônico será emitido, possibilitando que a polícia seja acionada imediatamente. Segundo a Secretaria de Defesa Social, entre janeiro e junho deste ano, 18.240 mulheres foram vítimas de lesão corporal por companheiros ou ex-companheiros em Minas. Outras 26.742 sofreram outro tipo de agressão doméstica.

Acesse no site de origem: Tornozeleiras eletrônicas serão usadas em Minas para garantir o cumprimento da Lei Maria da Penha (Montes Claros.com/MG – 11/08/2012)

Saiba mais:
BM terá tablets para vigiar mulheres que são agredidas (Zero Hora – 05/09/2012)
Uma agressão a cada duas horas (Tribuna de Minas – 28/08/2012)
Polícia do RS terá acesso a medidas de proteção a mulheres agredidas (G1/RS – 16/08/2012)