Trabalho coeso e organizado para ampliar conquistas, defende a secretária especial da SPM

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

(SPM – 30/06/2016) Durante a reunião realizada ontem (29) na Casa da Mulher Brasileira de Brasília, a secretária Especial de Políticas para as Mulheres, Fátima Pelaes, conheceu detalhes de projetos e programas que o Judiciário do Distrito Federal está executando em defesa das mulheres. O evento foi uma iniciativa do juiz Ben-Hur Viza e da juíza Luciana Lopes Rocha, do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar – CJM/TJDFT, com a participação de Lucia Bessa, subsecretária de Políticas para as Mulheres do Distrito Federal; e de Iara Lobo, coordenadora da Casa da Mulher Brasileira de Brasília.

Leia mais: Ações promovida pelo CJM/TJDFT são destaque em reunião na Casa da Mulher Brasileira no DF (TJDFT – 29/06/2016)

Fátima Pelaes revelou sua satisfação com os resultados apresentados, em especial pelo CJM, que trabalha em três campos distintos: Eixo Judicial, Eixo Policial e Eixo Comunitário. O Projeto Maria da Penha Vai à Escola, que capacita o universo escolar para o enfretamento à violência treinou cerca de mil pessoas só no primeiro semestre de 2016 e 400 no ano passado.

Ao encerrar o encontro de trabalho, a secretária Especial da SPM reafirmou seu compromisso de agregar todas as forças envolvidas no combate à violência contra a mulher. “A intenção é incrementar os programas que já existem e criar novos, firmar parcerias, buscar alternativas e expandir a garantia de direitos para as mulheres. Com trabalho unido e organizado e a participação de todos que lutam pela causa, tenho certeza do sucesso das nossas iniciativas”, concluiu Fátima Pelaes.

Comunicação Social
Secretaria de Políticas para as Mulheres – SPM

Acesse no site de origem: Trabalho coeso e organizado para ampliar conquistas, defende a secretária especial da SPM (SPM – 30/06/2016)