Vanessa Grazziotin denuncia violência contra mulheres policiais (Agência Senado – 24/09/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Em audiência pública para discutir a violência contra as mulheres policiais, foram apresentados resultados de pesquisa feita pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, informou nesta quinta-feira (24), em Plenário, a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM).

Das 13 mil entrevistadas, 39,2% afirmaram que já sofreram qualquer tipo de assédio no âmbito do trabalho, seja sexual ou moral. E a maior parte dos casos foi praticada pelo superior hierárquico. A pesquisa revela, também, que, das mulheres assediadas, apenas 11,8% registraram queixa e, dessas, 68% não ficaram satisfeitas com o desfecho das apurações.

Veja também: Vanessa Grazziotin comenta pesquisa sobre violência contra mulheres policiais (Rádio Senado – 24/09/2015)

Para Vanessa Grazziotin, esses dados revelam ser preciso acompanhar de perto o que ocorre com as policiais nos ambientes militares, o que será feito, como assegurou ela, pela Comissão Permanente Mista de Violência contra as Mulheres.

Ela aproveitou para relatar um caso ocorrido no Amazonas, em que há a suspeita de que uma policial foi morta por um companheiro de corporação, durante o serviço. As investigações feitas pela Polícia Militar, no entanto, concluíram que a vítima, na verdade, havia se suicidado, sendo que, para a senadora, com base em apurações da Polícia Civil, o que aconteceu, foi um homicídio.

— Não é possível que mulheres que participam, que compõem corporações policiais neste país continuem sendo assediadas, continuem sendo agredidas, perderem as suas vidas, e a impunidade continuar ainda — afirmou a senadora.

Acesse no site de origem: Vanessa Grazziotin denuncia violência contra mulheres policiais (Agência Senado – 24/09/2015)