Vara de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher em Palmas desenvolve novo projeto (TJTO – 21/06/2013)

A Vara de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher em Palmas inovou em suas atividades, ampliando o atendimento e acompanhando não somente a mulher, mas desenvolvendo projetos voltados exclusivamente aos homens.

Sob a coordenação da Juíza Substituta, Emanuela da Cunha Gomes, foi realizada neste mês de junho, a primeira reunião dos homens, dentro do projeto intitulado “Homens que Amam”. A ação contou com o suporte da equipe multidisciplinar vinculada à Vara, do Ministério Público Estadual e da Defensoria Pública.

Para a juíza, trata-se de um trabalho muito importante pois “após algum tempo respondendo pela Vara de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher na capital, verificamos uma grande reiteração no descumprimento das decisões em sede de medidas protetivas. Constatamos também que o arbitramento isolado de medidas de proteção não conduz a uma solução contínua para o conflito doméstico, de forma que o tratamento do homem se mostra imprescindível para o restabelecimento da harmonia familiar”.

A magistrada lembra ainda que os laços familiares são de difícil dissolução, principalmente quando o casal possui filhos. Dessa forma, “entendemos que se este homem estiver bem, todos os demais integrantes do núcleo familiar possivelmente também estarão”.

Acesse no site de origem: Vara de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher em Palmas desenvolve novo projeto (TJTO – 21/06/2013)