Ver TV debate o papel da televisão na discussão dos casos de estupro (TV Brasil/Ver TV – 26/06/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A cultura do estupro enraizada no Brasil se dá pela combinação de vários fatores, entre os quais os valores disseminados pela televisão. Espaços para discutir a questão com seriedade são poucos, quase inexistentes. Interessada em conquistar índices de audiência, a TV explora o corpo da mulher e faz da violência um grande espetáculo.

O apresentador Lalo Leal recebe a diretora executiva do Instituto Patrícia Galvão, Jacira Vieira, o presidente do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, Fábio Paes, e a defensora pública do estado de São Paulo e coordenadora do núcleo especializado de promoção dos direitos da mulher, Ana Rita Prata.

A secretária-adjunta dos direitos humanos da Prefeitura de São Paulo, Djamila Ribeiro, relembra as origens da cultura do estupro no Brasil.

A Internet tem sido um instrumento importante na luta contra a cultura do estupro. A revista digital Pixel TV publicou o artigo Precisamos falar sobre a cultura do estupro na TV. Uma das autoras, a bibliotecária Maisa França, comenta o site e o artigo, por Skype.

Psicóloga e coordenadora do Observatório da Mulher, Rachel Moreno cita exemplos de países que enfrentaram a violência na TV em geral e aquela praticada contra a mulher.

A falta de cuidado da mídia ao relatar casos de estupro é uma das preocupações da consultoria Think Eva. O grupo preparou um manual para auxiliar os jornalistas nesse tipo de cobertura. Uma das fundadoras da consultoria, Maira Ligouri explica a iniciativa.

Apresentador / Editor-Chefe: Lalo Leal
Produtor Executivo: Vitor Chambon
Apoio à Produção: Patrícia Lima
Jornalista: Renato Fanti
Editora de Imagens: Mariana Velozo

O Ver TV traz, toda semana, múltiplos olhares sobre conteúdos apresentados na televisão e também em outras mídias. Convidados discutem a programação da TV de modo multidisciplinar, analisando seus aspectos jornalístico, econômico, social, psicológico, de entretenimento, entre outros. O programa oferece diferentes pontos de vista para um mesmo tema. A discussão é complementada por vídeos, depoimentos de especialistas e opiniões dos cidadãos.

Apresentado pelo sociólogo e jornalista Lalo Leal, pesquisador na área de políticas da Comunicação e professor da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), o Ver TV acompanha as tendências, novas abordagens e discute as funções de uma TV de qualidade.

O Ver TV vai ar todo domingo, 23h00, com reprises nas madrugadas de quarta para quinta, 02h30.

Acesse no site de origem: Ver TV debate o papel da televisão na discussão dos casos de estupro (TV Brasil/Ver TV – 26/06/2016)