“Vidas Partidas” retrata duro relato da violência doméstica (Rádio Nacional de Brasília – 22/08/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Filme é inspirado em alarmantes estatísticas de crimes praticados contra a mulher

No mês em que a Lei Maria da Penha completa 10 anos, o Revista Brasil conversa sobre o filme “Vidas Partidas”, com a produtora e atriz Naura Schneider e com a juíza titular da Vara de Violência Doméstica e Familiar de Taguatinga e coordenadora do Centro Judiciário da Mulher (CJM/DF), Luciana Rocha.

Clique aqui para ouvir a reportagem

A atriz explica que o longa é protagonizado por ela e pelo ator Domingos Montagner. Na trama, uma mulher bem-sucedida e apaixonada que, após alguns anos de casada, é vítima de um crime de violência doméstica, no Brasil dos anos 1980.

A juíza Luciana Rocha fala sobre a importância do filme e de todas as ações que possam divulgar o que é violência doméstica e quais os tipos de agressão que podem acontecer. “A gente vê no filme esse excelente debate porque mostra, principalmente, que uma das formas de se combater é fazer com que as mulheres reconheçam que estão sendo vítimas de violência.”

O filme estreou no dia 4 de agosto nos cinemas brasileiros e é inspirado nas alarmantes estatísticas de crimes praticados contra a mulher.

Saiba mais sobre o assunto, ouvindo a entrevista na íntegra no player acima.

O Revista Brasil é uma produção das Rádios EBC e vai ao ar, de segunda a sábado, às 8h, na Rádio Nacional AM Brasília. A apresentação é de Valter Lima.

Produtor
Eliana Nascimento

Acesse no site de origem: “Vidas Partidas” retrata duro relato da violência doméstica (Rádio Nacional de Brasília – 22/08/2016)