Violência doméstica motivou 32% dos homicídios de mulheres na PB (G1/PB – 25/11/2012)

Em segundo lugar, ficam os crimes relacionados ao tráfico, com 31%. Campanha contra violência tem apoio da Rede Paraíba de Comunicação.

Clique na imagem para assistir à reportagem

Das 121 mulheres assassinadas na Paraíba de janeiro a outubro de 2012, 32% foram mortas em decorrência da violência doméstica e sexual. Os dados são da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Seds). Em segundo lugar, quase se igualando ao primeiro, ficam os crimes relacionados ao tráfico de drogas, responsáveis por 31% dos homicídios.

Até 10 de dezembro, o Governo da Paraíba, através da Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana (Semdh) e da Secretaria de Comunicação (Secom), realiza uma campanha de combate à violência contra a mulher em parceria com a Rede Paraíba de Comunicação. A campanha “Violência contra a mulher. Denuncie. Você não está sozinha” acontece em 16 dias alusivos ao dia 25 de novembro, quando é celebrado o Dia Internacional de Combate à Violência contra a Mulher.

A lista segue com vingança, motivo para 16% das mortes, e latrocínio, por 2%. Ainda de acordo com os dados da Seds, 18% dos homicídios não tiveram causa identificada.

O balanço ainda identificou que esse tipo de crime na Paraíba acontece mais contra mulheres jovens, faixa etária que registrou 34 casos, e adultas, com 20 casos.

Acesse no site de origem: Violência doméstica motivou 32% dos homicídios de mulheres na PB (G1/PB – 25/11/2012)