Vítimas da Zona Sul criaram grupos em redes sociais para denunciar estupros (Folha PE – 16/09/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Segundo a polícia, crimes eram cometidos por Cícero Gilbelândio Pereira dos Santos, de 43 anos

As cinco mulheres que foram vítimas de abusos sexuais na Zona Sul do Recife, nos últimos dois meses, criaram um grupo nas redes sociais para denunciar o crime. Segundo o delegado Carlos Couto, da Delegacia de Boa Viagem, as mulheres queriam alertar a população sobre a onda de estupros na localidade. De acordo com o delegado, os crimes eram cometidos por Cícero Gilbelândio Pereira dos Santos, de 43 anos. O homem, que já trabalhou como vigilante, era funcionário de uma oficina de estofados.

A polícia informou que o criminoso abordava as mulheres em uma moto e anunciava o assalto. Cícero, que foi preso na última quinta-feira (15), no bairro da Imbiribeira, em cumprimento a um mandado de prisão temporária expedido pela Justiça, atuava nos bairros de Boa Viagem, Ipsep e Imbiribeira. O delegado já solicitou a prisão preventiva do criminoso. O homem já foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima.

O investigador informou que as mulheres ficaram traumatizadas. “As vítimas ficaram com medo das agressões. Elas ficaram em pânico, sem sair de casa e se assustavam com a aproximação de motos”, comentou Couto. Ainda segundo o policial, uma das vítimas, que foi estuprada duas vezes pelo criminoso, reconheceu que o homem morava perto da casa dela. “As vítimas relatavam que, no ato, ele ficava hipnotizado e com cara de doente. Ele foge do perfil ‘estuprador padrão’, que escolhe vítimas em outros municípios para dificultar a prisão. Ele, simplesmente, escolhia as vítimas que moravam perto da casa dele”, finalizou o delegado.

Acesse no site de origem: Vítimas da Zona Sul criaram grupos em redes sociais para denunciar estupros (Folha PE – 16/09/2016)