Vítimas de estupro coletivo em Castelo do Piauí são ouvidas pela Justiça (R7 – 25/06/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Laudo do exame de DNA feito nas vítimas confirmaram participação do maior envolvido no caso

As três vítimas que sobreviveram ao estupro coletivo em Castelo do Piauí (PI) foram ouvidas em uma audiência realizada nesta quinta-feira (25) pela Justiça, de acordo com o promotor Cesário Cavalcante Neto.

Um laudo do exame do DNA feito nas vítimas do estupro confirmaram a participação de Adão José de Souza, de 40 anos, e de dois menores. Segundo o delegado regional de Campo Maior, Laércio Evangelista, os outros dois menores apreendidos não participaram da violência sexual, mas estiveram envolvidos em outras formas de agressão. Souza foi ouvido pela Justiça na segunda-feira (22).

Ainda segundo o promotor, nesta semana já foram ouvidas 25 testemunhas, sendo nove de acusação e 16 de defesa.

Os adolescentes apreendidos estão internados no Ceip (Centro de Internação Provisória). Neto, acusado de comandar os crimes, está detido no Centro de Detenção de Altos. Eles responderam pelos crimes de estupro, tentativa de homicídio, homicídio com agravante de feminicídio. Neto responderá ainda pelo crime de corrupção de menores.

Caso

Quatro adolescentes foram estupradas e jogadas de uma ribanceira no dia 27 de maio. O crime foi cometido por três adolescentes e um adulto, que foram presos e confessaram participação. Elas foram até um ponto turístico da cidade para tirar fotografias quando foram abordadas. A polícia disse que as vítimas foram estupradas em sistema de rodízio por cerca de duas horas. O município de Castelo do Piauí fica 194 quilômetros ao norte de Teresina e tem uma população em torno de 19 mil habitantes.

Acesse no site de origem: Vítimas de estupro coletivo em Castelo do Piauí são ouvidas pela Justiça (R7 – 25/06/2015)