Vítimas de violência doméstica no DF vão receber apoio na Casa da Mulher (Fato Online – 08/05/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Vítimas de violência doméstica terão apoio do Ministério Público, do Tribunal de Justiça e da Delegacia da Mulher. Portaria que regulamenta a implantação da casa foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (8)

Com um registro diário de 38 boletins de ocorrência de violência contra a mulher, o Distrito Federal vai ganhar a Casa da Mulher Brasileira. Criada pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República para atender mulheres vítimas de violência doméstica. A primeira casa foi inaugurada em Campo Grande (MS), em fevereiro deste ano, e é utilizada como modelo pelo Governo Federal.

A Secretaria de Políticas para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos do DF (Semidh) será a responsável por coordenar a prestação dos serviços em Brasília. De acordo com a coordenadora do projeto no DF, Milena Calazans, a construção da Casa da Mulher Brasileira de Brasília deve ser concluída no final de maio e deve começar a funcionar ainda em 2015. “ A casa é um núcleo de defesa para as mulheres, com atendimento do Ministério Público, do Tribunal de Justiça, da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) em um só lugar”, explica.

O projeto federal vai funcionar 24 horas por dia e irá oferecer amparo para as mulheres do momento do registro da ocorrência até o retorno para a casa. Além do acolhimento, a casa pretende inserir as vítimas no mercado de trabalho e disponibilizar transporte para possíveis atendimentos nos centros de saúde.

O espaço público está sendo erguido na 601 Norte e vai atender mulheres todo o DF. Atualmente, o atendimento às vítimas é feito por meio das Delegacias Especiais de Atendimento à Mulher (Deam). A portaria que regulamenta a implantação da Casa da Mulher Brasileira em Brasília foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (8).

Estatísticas

De acordo com o estudo da Secretaria de Segurança Pública do DF, somente em 2014, as Delegacias de Atendimento à Mulher registram em média 38 ocorrências por dia. As Regiões Administrativas com maior número de ocorrências foram: Ceilândia com 2.239 casos; Planaltina com 1.305 e Gama, com 970. A região do Setor de Industrias e Abastecimento (Sia) ficou com o menor índice, com 25 incidentes registrados.

Ana Paula Oliveira

Acesse no site de origem: Vítimas de violência doméstica no DF vão receber apoio na Casa da Mulher (Fato Online – 08/05/2015)