Vítimas e agressores aguardam por audiência no mesmo local (Correio do Estado – 08/06/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

OAB/MS realiza audiência para formatar documento a ser enviado ao STF

“Já ouvimos relatos de vítimas e agressores que ficaram aguardando pela audiência no mesmo corredor. É absurdo”, a declaração é da presidente da Comissão da Mulher Advogada da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), Tâmara Sanches.

Essa é a realidade vivida por mulheres vítimas de abusos no Estado e constatada pela comissão. Problemas como esse, além da falta de efetividade das medidas protetivas (que impedem o agressor de se aproximar da vítima) fazem parte de discussão em audiência pública que acontece hoje à noite.

“Vamos ouvir esses relatos e elaborar um documento que será encaminhado para a ministra do STF (Supremo Tribunal Federal), Carmen Lúcia”, explicou a advogada.

De acordo com ela, haverá reuniões com o mesmo objetivo acontecendo em todo o país. A intenção será buscar soluções para as peculiaridades que cada estado apresenta.

Para o coordenador das Comissões da OAB/MS, Gabriel Marinho, em razão dos últimos acontecimentos de violência contra a mulher, existe urgência nas ações que fomentem a cultura da paz.

“A campanha é importante para agilizar processos que envolvam mulheres vítimas de agressão, garantindo o cumprimento da justiça para cada uma delas, o respeito do trabalho realizado pela advocacia e direito para a sociedade brasileira”, concluiu.

PARTICIPAÇÃO

Quem vai participar da audiência em MS é o desembargador e coordenador da Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça, Paschoal Carmello; a defensora pública de Defesa da Mulher, Graziele Carra Dias Ocáriz; a subsecretária de Estado de Políticas Públicas Mulheres, Luciana Azambuja; a secretária Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, Leyde Pedroso; e a conselheira estadual da OAB/MS, Nancy Gomes de Carvalho.

A audiência acontece a partir das 19h de hje na sede da OAB em Campo Grande, que fica na Avenida Mato Grosso n° 4700.

Acesse no site de origem: Vítimas e agressores aguardam por audiência no mesmo local (Correio do Estado – 08/06/2016)