Viva Maria: Escolas têm desafio de debater violência contra mulheres (Radioagência Nacional – 11/11/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

À luz dos dados apresentados pelo Mapa da Violência 2015: homicídio de mulheres no Brasil, nosso programa, numa tentativa de dar uma resposta a persistência dessa violência contra nós Marias, hoje quer ouvir Ivana de Siqueira, coordenadora executiva da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), entidade responsável por esse estudo que foi lançado, em Brasília, na última segunda-feira.

Na certeza de que a raiz da violência está na educação, Ivana lamenta que desde abril de 2014 o Congresso Nacional tenha conseguido suprimir do Plano Nacional da Educação (PNE) questões que tratavam sobre o debate de gênero nas escolas, além de tópicos de igualdade racial, regional e sexual. Para Ivana, um retrocesso que ela fez questão de sublinhar no discurso de apresentação que fez do estudo da Flacso.

Como a educação, o acesso de pequenos município a uma rede de atendimento à mulher vítima de violência faz toda diferença e está a exigir dos governos uma ação mais do que especial.Tanto assim que a secretária-executiva da Secretaria de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, Aparecida Gonçalves, fala até em uma repactuação entre os estados. Confira.

Viva Maria: Programete que aborda assuntos ligados aos direitos das mulheres e outros aspectos da questão de gênero. É publicado de segunda a sexta-feira.

Acesse no site de origem: Viva Maria: Escolas têm desafio de debater violência contra mulheres (Radioagência Nacional – 11/11/2015)